quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

OS SENTIMENTOS DE VINGANÇA E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS



Sabe aquela pessoa que prejudica ou ofende você, fazendo se sentir abaixo de zero?

E aquela sensação horrível de aperto no peito, misturada com indignação e sentimento de tristeza, que acaba por consumir por inteiro os nossos sentimentos, trazendo à tona os piores pensamentos e emoções?

Não dá para descrever o misto de tudo isso, somado com a grande dose de vontade de cometer uma vingança, por menorzinha  que seja...

Quando o nosso inconsciente mergulha nessa onda, deixamos de lado as coisas mais importantes para nós e passamos a maior parte do tempo útil de nossas vidas, ruminando pensamentos inúteis, de ódio e de reprovação.

Do ponto de vista energético, quando isso ocorre, penetramos nas frequências mais densas de energia, aquelas mais pesadas, onde o nosso ser perde-se, inebriado pela momentânea satisfação, gerada pela crença, de que efetivamente podemos acionar um gatilho para prejudicar aquele que nos feriu. Nesse momento, ainda sem percebermos, teremos penetrado camadas tão pesadas, que nos amarrarão numa frequência umbralina, ou seja, naquela em que os espíritos desencarnados que por ali estão e sedentos da mesma vingança, se alimentam. Isso mesmo, eles se alimentam com a nossa energia e passam a vibrar junto conosco em busca dessa sensação de vingança, cada vez maior. Nos tornamos hospedeiros dessas larvas atrais, muitas vezes, perdendo a percepção a ponto de ceifarmos a nossa própria vida.

O prazer temporário quando constatamos que aquela pessoa que nos prejudicou, recebeu o troco e também passou a sofrer, mesmo que não tenha sido através da nossa própria vingança, é um bálsamo para esses espíritos atrasados que estão nos influenciando. O que não nos damos conta é que estamos passando para o processo regressivo nos juntando à eles.

A vingança é gerada por um mix de decepção e raiva, que gera mágoa e se transforma em ódio. Esses sentimentos, todos juntos, nos desequilibram energeticamente e tiram de nós a intuição, a clarividência e a capacidade de reagir de forma positiva diante das diversidades da vida.

Um indivíduo contaminado com as larvas astrais da vingança, deixa de perceber tudo o que existe ao seu redor para focar apenas na atitude que poderá levá-lo a destruir o outro. A vontade maior é fazer com que o "inimigo" sofra e prove do mesmo veneno.

Mas como pode uma pessoa contaminada com larvas astrais e infectada com o desejo de vingança, raciocinar diante da situação?

Quando perdemos a capacidade de raciocinar justa e imparcialmente, cometemos erros, dos quais, nos arrependemos futuramente. Somente ao recobramos o juízo é que muitas vezes percebemos que exageramos na dose.

Vou lhes contar uma pequena história para ilustrar o exemplo:

Uma pequena família feliz vivia em um bairro tranquilo. O casal tinha um bebê de poucos meses e um cão pastor alemão, policial capa preta, daqueles imensos, que havia sido criado com o casal desde filhotinho como se fosse o primeiro filho.

Certo dia, a esposa havia ido à igreja e o marido ficou com o bebê. Ao perceber que faltava um ingrediente para o jantar, o homem resolveu ir rapidinho ao supermercado que era bem perto, para comprar o que estava faltando e deixou a criança dormindo no berço e o cão dentro de casa. A criança no andar de cima e o cão estava também adormecido no andar de baixo, próximo a lareira.

Ao voltar do supermercado, em menos de uma hora, quando adentrou o lar, viu inúmeras manchas de sangue pela casa. Desesperado se deparou com o cão, raivoso, transtornado e feroz como um lobo, com a boca e os pelos do peito cheios de sangue. O homem correu até o berço, não encontrou o bebê, viu as manchas de sangue pelo berço e que se arrastavam pelo chão. O cão, ao lado do homem, latia e rosnava enraivecido para o seu dono.

O homem olhou para o cão e disse: - Seu desgraçado! você matou meu filho!
Pegou um rifle e matou na mesma hora o cão. Em seguida, chorando e desesperado, começou a seguir as manchas de sangue pelo chão da casa procurando o corpinho do seu filho,  ou o que poderia ter sobrado dele. Foi parar na saída dos fundos, quando encontrou um homem todo ensanguentado, desmaiado no chão e próximo a ele, ouviu o choro do bebê que estava caído mais adiante, porém, sem nenhum ferimento.

Conclusão: Tomado pela ira e pelo sentimento de vingança, o homem acabou matando o animal que fez de tudo para salvar o seu filho, cujo desespero, era de tentar avisá-lo de que o seu bebê estaria no quintal correndo perigo.

Esta e tantas outras histórias mostram o quanto ficamos cegos e sem sentidos, quando estamos tomados pelo sentimento de ódio e de vingança.

Mas o que fazer para sair dessa frequência?

A solução é a busca do autoconhecimento, que só pode ser conseguido olhando para dentro de si mesmo. Nesses casos, precisamos silenciar a nossa mente, através de uma meditação. Podemos nos aquietar num canto da casa, no nosso quarto, na nossa cama, num parque ou qualquer outro lugar aonde ninguém possa falar conosco e nos interromper.

Através de respirações profundas, sentindo encher o pulmão até doer e soltar o ar, começaremos a notar as vozes ocultas que falam com a nossa mente. Aqueles 'capetinhas' que ficam dizendo que é legal prejudicar o outro é que são as larvas astrais.

As larvas astrais, são as energias mais pesadas emanadas pelos variados tipos de sentimentos e pensamentos de baixa densidade, e que deixamos entrar no nosso perispírito e desequilibrarem o nosso sistema. São elas que ficam o tempo inteiro injetando toxinas potencializando os nossos piores pensamentos. Por isso, quando estamos muito perturbados e tentamos meditar, os pensamentos dos mais variados tipos ficam interrompendo o nosso relaxamento. Nesse momento, é a hora da guerra do bem contra o mal. Só consegue sair dessa frequência, quem tiver determinação e força de vontade em aquietar a mente.

Combater os pensamentos ruins que passam pela nossa cabeça é a primeira arma. Quando iniciamos o processo de combate, devemos colocar um pensamento contrário em todo o pensamento negativo que surgir. Isso faz com que você vá exterminando as larvas uma a uma, pensamentos positivos aniquilam e desmaterializam essas larvas astrais dentro de nós (mas elas continuam existindo no plano energético, pois outras pessoas continuam as alimentando). Enquanto conseguimos expulsá-las de nós, percebemos que o nosso cérebro vai se aquietando aos poucos, o nosso coração começa a relaxar, parando de doer e vai se descontraindo. Algumas vezes, o resultado é tão positivo, que até caímos em sono profundo e quando acordamos, percebemos que nos sentimos melhores do que estávamos antes. Mas devemos vigiar! Porque essas larvas apenas se desmaterializam de dentro do nosso perispírito, continuando a sobreviver em plano energético, podendo retornar em qualquer momento que penetrarmos novamente as suas frequências, ou seja, na medida que você consegue elevar o seu pensamento e acessar as energias mais positivas, o seu perispírito começa a irradiar a luz da sua alma. Quanto mais ela brilhar, mais cegas ficarão as larvas astrais e não conseguirão mais enxergar você. Elevando a sua frequência energética, o que está embaixo não conseguirá acessar você. Lembra daquele velho ditado que diz: "O que vem de baixo não me atinge", pois é, parece que foi feito sob medida para exemplificar a atuação da energia negativa. Por essa razão, os mestres dizem que a busca do equilíbrio é a melhor maneira de se defender das energias negativas. Na dúvida, procure o caminho do meio para seguir em frente.

Prejudicar o outro que nos prejudicou, pode gerar uma sensação de prazer momentânea, mas não nos damos conta de que atrasamos o nosso próprio processo evolutivo, pois, ao retrocedermos na recontaminação com as esferas inferiores, perdemos o nosso tempo precioso para a evolução e ainda reabrimos feridas que estavam em processo de cura.

Quando nos deixamos abater pela violência do outro, nos tornamos ainda mais vulneráveis e aumentamos a importância do nosso "inimigo" em nossas vidas. Nós fortalecemos ainda mais os inimigos e aumentamos o seu poder sobre nós, quando valorizamos os seus atos, a ponto de deixarmos tudo o que estamos fazendo, para nos preocuparmos com eles.

A nossa energia potencial de luta, passa a ser transferida ao nosso inimigo e mesmo que consigamos executar o nosso plano de vingança, nada vai mudar o que ele nos fez anteriormente. Tudo aquilo já aconteceu e fomos nós que nos permitimos arruinar pelas agressões sofridas.

Algumas vezes, o nosso próprio ego, nos impede de perceber que nós também tivemos a nossa participação na ação do inimigo. Em alguns casos, nós mesmos provocamos involuntariamente uma reação da oposição, mas como somos muito vaidosos para encarar os nossos erros, não percebemos que a explosão do nosso algoz, foi uma reação, por alguma atitude equivocada da nossa parte.

Só conseguimos analisar aonde erramos quando nos colocamos de fora da situação, com imparcialidade total, e para isso, não podemos estar sofrendo com nenhuma contaminação astral.

Aqui seguem 10 dicas para combater o sentimento de vingança:

1 - ENTENDER AS REAÇÕES FÍSICAS DO SEU ÓDIO
Quando ficar furioso com alguém, sente-se por um momento e olhe para dentro do seu corpo. A sua pressão sanguínea fica mais forte, o coração parece ficar espremido e um calor na nuca pode ser identificado. Respirar fundo, beber água e pensar que vai resolver da melhor forma aquela situação pode colaborar muito para o autocontrole nesse primeiro momento.

2- ESCREVA O QUE ESTÁ SENTINDO
Escreva tudo o que está sentindo, porque acha que a sua vingança vai diminuir o seu sofrimento. Se você tiver um amiguinho de 4 patas, converse com ele e conte tudo, desabafe e verá como o olhar do seu animal vai te dar a melhor resposta. Eu até diria pra você desabafar com algum amigo, mas tem alguns que são "amigos da onça" e podem ajudar a piorar ainda mais a sua situação, até aumentando  o seu desejo de vingança, o que não seria nada bom...

3-NÃO ECONOMIZE NAS MEDITAÇÕES
Faça sempre que puder enquanto estiver corroído pela dor. Depois do almoço, no intervalo do trabalho, na condução, durante o banho, menos no carro, pois você pode se distrair e se provocar acidentes. A meditação reduz o estresse, alivia a mente e o ajudará a pensar com maior lucidez.

4-COLOQUE-SE DE FORA E TORNE-SE SEU PRÓPRIO MENTOR EM PROL DO BEM
Faça de conta que você é o seu professor e orientador, pensando e repetindo frases positivas se auto aconselhando:

“Poderia ser pior.”
“Eu vou controlar minha resposta sobre a ação dessa pessoa.”
“Eu consigo superar isso.”
“Essa situação é temporária.”
"A ofensa dessa pessoa não tem poder sobre mim."
"Eu sou superior a tudo isso e vou superar esse sentimento."

5- VINGUE-SE DO SEU ALGOZ SENDO FELIZ
Enquanto a dor continua, a melhor vingança é ser feliz e nem dar bola para a 'tentativa' de seus inimigos. Isso mesmo eu disse 'tentativa', porque se você fechar a porta para o sentimento de revolta e de vingança, o seu inimigo não terá atingido o objetivo de lhe prejudicar.
Combatendo o mal com o bem você neutraliza as energias negativas à sua volta. Foque a sua força em se sentir bem, praticando algum exercício físico para liberar as toxinas do seu organismo, ouvir uma música de alto astral que goste, assistindo um filme leve ou até mesmo mergulhando de cabeça no seu trabalho, isso ajuda a passar o tempo até que a ferida se feche e distrai a sua mente combatendo os maus pensamentos.

6- AGIR DE FORMA SUPERIOR
O espírito de superação em atingir graus mais elevados de consciência, farão com que você se torne superior, porque se afastará da energia maléfica que o seu inimigo engendrou. O silêncio e a determinação em não cair mais em armadilhas, farão com que você reflita com mais calma, podendo até perceber que dependendo do que lhe fizeram, isso serviu como algum tipo de aprendizado. Procure pela resposta dentro de você, fazendo a seguinte pergunta: O que eu aprendi com isso? Porque passei por essa ou aquela experiência?

7 - MAGIA BRANCA É UMA ÓTIMA FORMA DE SUPERAR A VINGANÇA
Pegue um papel e escreva a sua ideia de vingança, da mais simples até a mais bem elaborada... Não tente se enganar, deixe a sua sombra escrever toda a maldade que deseja fazer. Em seguida, quando terminar, leia tudo o que escreveu, respire fundo e use toda a sua força para rasgar em pedacinhos a sua sentença. Fazendo isso, você vai perceber, lendo a sua própria carta, o quanto o seu ódio está fazendo de você uma pessoa muitas vezes pior do que o seu inimigo. (É triste, mas pode ser real).

8 - DÊ TEMPO AO TEMPO
Agir enquanto a cabeça está fervendo e o ódio latente, não surte bons resultados, principalmente quando estamos assim, somos como aeronaves imensas e desgovernadas aonde o 'piloto sumiu' e podemos cair em qualquer lugar esmagando até os inocentes que estão ao nosso lado e que nada têm a ver com a situação em que nos encontramos.

9 - ATIVE A EMPATIA
Antes de partir para um ato de vingança, procure pensar e repensar os motivos que levaram a pessoa a agir daquele modo com você. Tente rever cada passo da situação como se estivesse de fora, sem se utilizar do seu ego. Veja como você agiu e como a pessoa reagiu a sua ação. Fazendo isso, você poderá até perceber que tem uma parcela de culpa na injustiça que sofreu.

10 - EXERCITE O PERDÃO
Mesmo que você e a pessoa que lhe prejudicou não tenham mais laços afetivos, procure seguir em frente e faça a sua parte exercitando o perdão e colocando-se acima da situação, com superioridade de entender que todos os seres humanos são falhos e possuem interpretações variadas, muitas vezes equivocadas sobre as mais diversas situações. Uma reconciliação depende de duas pessoas, mas só você tem o poder sobre o seu próprio perdão.

Perdoar-se também faz parte do exercício. Se percebeu que errou também, perdoe-se, você tem todo o direito de errar. Vivemos num planeta de expiação e provas e essas coisas acontecem para que possamos aprender com as experiências.

Se nenhuma dessas alternativas conseguir ajudá-lo, procurar um auxílio profissional, poderá colaborar e muito para acabar com o sofrimento e a dor causados pelo o que consideramos injustiças e que despertam em nós os piores sentimentos de vingança.

Abaixo um áudio com uma meditação cristiciísta que eu gosto muito e que ajuda a transmutar a energia negativa para positiva e eliminar as larvas atrais do nosso perispírito. Essa meditação ajuda a sair da frequência mais baixa e elevar-se potencializando a sua luz, que ampliada, impossibilitará o acesso a essas toxinas astrais.


Listen to "Meditação para Transmutação de Energia" on Spreaker.


 Autor: Claudia Souza / Filosofia Cósmica - Discípula Cristiciísta Publicação autorizada pelo Colégio Sacerdotal da Ordem Cristiciísta

domingo, 16 de dezembro de 2018

O ovo do mundo



A simbologia tem revelado através da expressão gráfica, verdades espirituais, que se manifestam como ensino no curso da evolução.

As verdades evolucionistas, sempre se manifestam, tendo como objetivo, levar o homem à reflexão e através dela, fazer com que o ser consiga com seu esforço próprio desvendar as coisas do espírito divino criador, através da percepção, ou seja, da captação das verdades espirituais que estão se manifestando dentro de uma linha de ação conjunta.

A linha de ação conjunta cria inicialmente como base de apoio, a revelação por hipóteses. A revelação por hipótese, é a revelação de um fato que possa se constituir em verdadeiro, por utilização do raciocínio criador. A hipótese leva a imaginação a um grau mais alto de pesquisa.

A busca, o caminho, a verdade, se conquistam pela reflexão e pelo desejo de buscar essa verdade, dando a essa busca, um sentido de verdade extensiva ao comportamento.

Este sentido de verdade deve ser necessariamente lógico, e ter como base, o fundamento.

O conhecimento é adquirido pela pesquisa, trabalho e aplicação. A aplicação gera a concentração e a concentração gera a captação, a captação gera a percepção e a percepção gera a concepção.

A concepção forma a ideia e a expressa materializando-a, fazendo com que essa passe a ter vida e atue sobre os campos que serão magnetizados por ela.

A ideia leva ao caminho, mas para que possa existir, é necessário que já exista o caminho.

O que é a ideia?

A ideia é uma ação consciente do pensamento que atua em seu campo de criação. Quando o pensamento é ativado é porque já houve a captação da ideia. Uma vez captada, a ideia necessita ser expressada. A ideia expressada é a ideia viva, atuando e em ação.

Normalmente, nos atos da vida, ouvimos dizer: - Esta ideia é ótima, vamos viabilizá-la... Aí então entramos no campo da hipótese.

Como podemos viabilizá-la?

Quando a ideia surge da discussão de um grupo interessado é necessário ouvir as opiniões de todos os que estão envolvidos no assunto, para se chegar a alguma conclusão.

O pensamento conclusivo, pode ser gerado através do pensamento hipotético e o pensamento hipotético é o gerador da própria natureza da hipótese, ou seja, gerado por si mesmo.

A hipótese gera pesquisa de campo e a pesquisa de campo gera o caminho, isto posto, temos que a ação ou expressão, representam um conjunto de atividades. Estas atividades obedecem a certos princípios que são regidos por cálculos e por atos que justificam o encaminhamento dando-lhe suporte.

Qualquer ideia que não for muito bem estruturada, corre o risco de ser abandonada, embora já tenha percorrido a sua trilha no sentido do objetivo a ser atingido, pois no meio do caminho as vezes somos obrigados a darmos uma guinada e mudarmos o rumo, recalcularmos, reavaliarmos, revermos uma ideia, por melhor que tenha sido a sua proposta.

Quando um ser humano preso aos laços da matéria cria uma ação espiritual por ação própria, por inspiração, sem contar com a ajuda dos mestres superiores, e que são os responsáveis pela transmissão dos conhecimentos, e também pelas grandes revelações superiores, é criada uma situação que merece ser examinada com toda a sua força de verdade e com toda a sua capacidade de reflexão.

As lutas existentes no campo do estudo, da interpretação e da compreensão espiritual que hoje fazem parte da história religiosa, nasceram em sua maioria de conclusões hipotéticas, sem o respaldo superior, sem provas suficientemente messiânicas ou do missionário responsável pelo desenvolvimento de tal ou qual pensamento religioso. O adepto de qualquer filosofia religiosa, deve antes de optar, examinar detalhadamente a vida e a obra do responsável pela filosofia proposta e encontrar em sua obra, sinais evidentes de realização espiritual.

A única exceção feita, é quando uma doutrina ou filosofia de cunho religioso é feita por ordem superior através de transmissão mediúnica.

O criador de qualquer seita nova deve antes de mais nada separar a sua atuação pessoal.

A sua atuação pessoal, pode ser classificada da seguinte maneira:

a) como captador ou receptor do pensamento verdadeiro (médium);

b) expositor do pensamento verdadeiro (padres, pastores, pregadores, etc);

c) captador receptor e um transmissor Expositor (médiuns paranormais que recebem canalização e expõem mediunicamente as informações de diferentes esferas através de diversas manifestações como psicofonia, psicografia, música e pinturas mediúnicas).

Uma vez definida a sua posição, esta posição deve ser clara e objetiva no prefácio da obra, para que os leitores ou até seguidores, possam avaliar a responsabilidade de quem transmitiu e divulgou tal e qual conhecimento. Criar adeptos por hipótese, leva o responsável a um resgate cármico, porque envolve o comportamento de mentes, de inteligências, e isto cria correntes vibratórias e desenvolve processos cármicos. Nossa colocação tem o objetivo de elucidar o nosso trabalho, porque ele necessita de partir de pressupostos já firmados como postulados homologados. A afirmação de que determinada corrente de pensamento é a única e verdadeira, gera uma preocupação muito grande, pois se a mesma não está estruturada em conclusões objetivas, oriundas do trabalho perseverante e da pesquisa, poderá gerar problemas sérios para quem resolveu assumir essa responsabilidade.

Se atribuir o dono da verdade é um crime de consciência que só é resgatado com uma série de reencarnações, às vezes, compulsória. Antes de se divulgar uma doutrina, é necessário estudar todos os fenômenos decorrentes dessa manifestação. O poder maior religioso que se tem notícia e conhecimento no planeta, pertence a Cristo, porque ele pregou e consumou sua obra através de uma atitude pessoal. Quem sair disto, deve tomar cuidado. É evidente que a religião Cristã, não existe desde o começo do mundo. É, portanto, perfeitamente permissível e compreensível que se pesquise o passado, para se chegar a compreender o presente e preparar o futuro, deixando-o por conta das suas próprias leis. Ainda na pesquisa do passado, deve ser levado em conta um pensamento profundo de quem criou, leu e estudou muito. O caminho existe tanto no presente, como existiu no passado. Se o caminho não tivesse existido no passado, antes do nascimento de Cristo, como ficaria toda a humanidade que existiu antes? Estaria condenada?

Segundo a interpretação bíblica dos padres da igreja de Pedro, que tomaram por base em sua teologia, parcialmente e em alguns pontos o evangelho de Cristo, eles explicaram da sua maneira em seus concílios a ressureição de Lázaro como: “Todos ressuscitarão como Lázaro”, por exemplo...

Será que eles esqueceram que Lázaro ainda tinha um corpo, que apesar de ter se passado três dias (se crendo nos evangelhos, é claro...) o seu corpo ainda não teria sido consumido pela terra? Como ficaria o resto da humanidade que já não possui mais corpo? Vão ressuscitar com o que? Com o mesmo corpo físico que já não existe mais ou não entenderam que poderia haver um corpo espiritual com vida após a morte? Não ocorreu-lhes que Jesus com seus poderes regenciais, poderia ter acordado o espírito de Lázaro já no plano espiritual e tê-lo trazido de volta ao corpo que ainda não estava em estado avançado de decomposição ou até mesmo podendo estar em estado cataléptico?

O evangelho não diz em nenhum capítulo “Assim como Lázaro ressuscitou com seu próprio corpo, todos os mortos sairão dos seus túmulos”. A igreja de Pedro nunca explicou isso com clareza, e este fato, teve uma interpretação até hoje teológica e ilógica. Deus é capaz de tudo, mas não seria tão inábil de destruir a sua própria lei. Os homens são que a destroem e distorcem o ensinamento.

A consciência humana é devedora e como tal está cumprindo a lei e é isto que deveria ser ensinado nos templos. Esta é a essência do pensamento de Cristo, que neste caso, nada tem a ver com o pensamento dos padres da igreja, criadores e intérpretes da lei segundo as suas sapiências e concílios. O dever de todo Cristão, é meditar com profundidade e não seguir escolas filosóficas, teológicas e que não revelam o sentido superior da lei divina.

A lei Cristã é clara em muito pontos e simbólica e esotérica em outros, mas a sua interpretação, deve levar em consideração, a linha de raciocínio do mestre que a criou. É importante seguir a sua senda no passado, para se descobrir de onde ele partiu. Cristo era um Messias iluminado, um representante direto do poder divino e não era um Deus, como ele mesmo disse: “As obras que eu faço, não sou eu quem faço, mas o Pai que habita em mim.”. Ele sentia o potencial da força divina dentro dele, mas sabia que essa força era uma doação de alguém. O fato dele dizer: Eu e meu pai somos um, era fruto de um conhecimento da verdadeira origem do ser, como um ser nascido de uma força ativa e presente em todos os seres. A força divina habita em todos os seres da natureza, está em tudo o que é vivo e em tudo o que tem vida, como uma centelha. Isto é o resultado da criação do espírito como um todo. A força divina não criou por hipótese, criou por sabedoria e amor.

A lei de Deus está escrita no âmago e na consciência de cada um, pois o ser precisa aprender a lê-la e a tomar conhecimento dela. Esta consciência deve ser despertada para a leitura e o aluno vai aprendendo, segundo a sua própria força de vontade, em buscar e sentir o seu verdadeiro caminho. Estando a lei escrita dentro de nós, precisamos desarquivar o nosso próprio livro interior, seguindo a nossa intuição. A nossa intuição nos levará e nos guiará ao caminho mais curto. Ela só se ilumina, quando o interior da criatura é iluminada pelas suas obras e pelo exercício da caridade. É um grande crime espiritual qualquer seita religiosa que não prega a caridade. Ser caridoso é socorrer. Quem socorre alguém ou ora por um espírito desencarnado estará praticando uma má ação? Quem dá uma esmola para um coitado que não tem o que comer estará atrapalhando o seu desenvolvimento ou ele para se desenvolver, não precisa pelo menos de se alimentar? Como alguém pode se interessar por alguma coisa com fome? Saciar a fome de alguém é algum crime espiritual?. Se isso fosse verdade, Cristo estaria errado quando curou enfermos, realizou o milagre dos pães, tomando o seu evangelho ao pé da letra.

Uma realização espiritual, pressupõe antes de mais nada, uma obra de caridade, seja material ou espiritual. Antes de uma criatura que pensa, que raciocina, tomar uma posição doutrinária, deve examinar a lei Cristã. Cristo é o mestre e o regente do planeta. Não é responsável pelos adeptos dos mestres que vieram antes dele, muitos, até prepararam o caminho do Cristianismo, ajudando inclusive na interpretação do seu conteúdo oculto. Muitos, ainda ajudaram povos, iluminando suas consciências com a divulgação de verdades divinas, principalmente as religiões que pregaram antigamente e ainda creem na evolução do espirito. Quem não quiser rever o seu pensamento religioso e que for adepto de uma religião que já prega a evolução do espirito através da carne, não precisa se preocupar em se converter a religiões dogmáticas, pois já está tomando consciência da lei cármica. O que é duro para nós cristãos, é ver toda uma legião de fieis completamente cegos neste ponto da lei, por seguirem uma tradição que dogmatizou e involuiu o sistema, anematizando os que abriram os olhos a tempo, mas que tiveram os seus olhos fechados pelos julgadores e doutores da igreja e da lei.

Os que se apossaram da verdade como donos dela, terão que prestar serias contas. Os que fizeram política pessoal ou de grupo com ensinamento bíblico, também terão que prestar contas. Essas contas já estão sendo preparadas e logo os débitos começarão a serem cobrados, mesmo porque o atual estado do planeta não comporta mais a massa consciente de força anímica que está se concentrando. Esta concentração, levará o planeta fatalmente a sofrer suas transformações e isto será levado em consideração por ocasião do ajuste de contas.

O Cristianismo evolucionista que atualmente não é ensinado pela igreja, poderá inverter essa força, mas isto só será possível se houver uma completa reviravolta nos cultos católicos, com a nova verdade homologada em todos os catecismos, igrejas e corações. Os que são de boa vontade, poderão contribuir com a sua ajuda, questionando em todo o planeta.

Cristo era evolucionista ou não?


Psicografado por Adilson Teixeira de Godoy em 1986
Espírito do Colégio Sacerdotal da Ordem de Melquisedec

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

O CONHECIMENTO E A POLÍTICA



"O processo político brasileiro, tem uma porcentagem muito grande de pessoas que desconhecem completamente as doutrinas políticas que servem de base para a formulação das cartas partidárias e leis que regulam um país.

Essa ignorância, não dá respaldo ao posicionamento pessoal no exercício da cidadania. O voto consciente, nascido da reflexão e conhecimento, ainda está muito longe de ser entendido e exercitado.

Do ponto de vista político-partidário, os ideais são deixados de lado, em função dos interesses pessoais de cada representante eleito pelo povo.

Com relação ao conceito idealístico, é difícil saber onde termina o ideal e começa a dominação.

O interesse em servir, ainda não amadureceu o suficiente e o sentimento de solidariedade humana que deveria prevalecer, ainda não ganhou força para se manifestar conscientemente."

(D.Adyan - Mestre Cristiciísta.)




quarta-feira, 29 de março de 2017

MISSA ENERGÉTICA ESPIRITUAL CRISTICIÍSTA

ÁUDIO

Listen to "MISSA ENERGÉTICA CRISTICIÍSTA - COMPLETA" on Spreaker.

Missa ou Culto Cristiciísta completa.
MISSA ENERGÉTICA CRISTICIÍSTA.
Pode ser realizada com a família no lar.
Deve ser acompanhada de uma fonte de luz, como uma vela da cor preferida.
Cada meditante deve ter um copo de água potável.
A Bíblia e/ou o computador devem estar disponíveis com dois trechos da bíblia do tema inspirado, escolhido antes de iniciar o culto (um do velho testamento - 1ª leitura e outro do novo testamento - 2ª leitura).

Obs: No youtube existem vários textos narrados por Cid Moreira. Para que a reflexão não fique muito longa e cansativa, sugerimos escolher os textos com até 10 minutos.

Deixar próximo também, um pires com um punhadinho de sal grosso, outro com um punhadinho de farinha de trigo ou um pequeno pedaço de pão e outro com um pouquinho de azeite.

Estes ingredientes deverão ser passados nas mãos no ato da comunhão.
Boa meditação.


FILOSOFIA CÓSMICA DO PODER INTEGRALIZADO - MISSA ENERGÉTICA ESPIRITUAL


Ao iniciar o nosso trabalho, louvamos a Deus, nosso Pai criador de bondade e misericórdia. Que este nosso serviço espiritual possa nos trazer paz, amor e prosperidade.
Que o conhecimento adquirido neste culto nos ajude a crescer espiritualmente e a nos integrar com as forças superiores de amor e conhecimento.
Melquisedec sacerdote do altíssimo Deus nos mostre através dos seus santos e anjos mensageiros a verdade divina, para que nós possamos aprender, sentir e ensinar todas as criaturas, filhas e filhos de Deus que se posicionem em relação à vida, a religião e ao amor divino.
Faça-nos membros dignos da igreja de Deus, do sacerdócio da ordem, voltado para a verdade divina do amor e do conhecimento.
Iniciamos a nossa missa com a luz de Deus nos iluminando.
Louvado seja Deus.

RITOS INICIAIS

Integrai-vos irmãos a benevolência divina.
Que esta benevolência permita a entrada em nossas vidas da força vibracional divina, através da corrente cósmica de vibração superior.
Mostra-nos sua bondade e conceda-nos a nossa salvação guiando-nos a essência do vosso conhecimento.
Quero saber e sentir o que diz nosso Deus de paz, amor, bondade, solidariedade, entendimento, compreensão, verdade e conhecimento.
Quero que o nosso Deus Pai criador através de seu altíssimo sacerdote Melquisedec nos mostre o que tem a nos revelar e ensinar, além do que disse nosso senhor Jesus Cristo sobre a salvação das almas e purificação dos espíritos através dos seus santos evangelhos canônicos e apócrifos escritos por seus apóstolos.
Que o sacrifício de sangue de seu sacerdote amado que serviu para purificar e elevar as almas pecadoras, possa permitir que as almas interessadas possam receber o calor do conhecimento cósmico, através do entendimento da missão superior, vivenciando em espírito e na matéria o ensinamento da filosofia cósmica do poder divino integralizado a quem se interessar em nos acompanhar em nossa missão.
Que o amor e a justiça possam beijar-se entre si como forças unidas pelo crescimento da verdade suprema, preconizada e ensinada na terra através dos profetas bíblicos sobre a fidelidade a Deus criador de bondade e misericórdia.

SAUDAÇÃO:

Em nome do Pai, filho e do Espírito Santo amém.
Bendito seja Deus que nos uniu no amor de Cristo e no conhecimento dos ensinamentos contidos no evangelho canônicos possibilitou nossa iluminação, através das lições espirituais que nos foi trazida pelo colégio apostolar de Jesus divulgando sua palavra através de sua igreja por todo planeta.
Que a luz divina ilumine a todos. Que a energia superior responsável pela nossa evolução através da missão, condensação, expansão, seja recebida por todos.

Oremos:

Deus, pai de toda vibração universal, manifeste em nós o seu poder curador permitindo que sua energia possa neste momento, penetrar por todo nosso sistema corpóreo captador de sua força.
Faça de nós segundo sua vontade, servos do seu poder de luz.
Permita que possamos nesta hora vibrar em cadeia com o reino universal da criação superior, elevando a nossa condição astral.
Segundo a sua vontade divina, aumente o nosso potencial energético interior permitindo a nossa integração com as energias responsáveis pelo aperfeiçoamento, encaminhamento e lucidez espiritual e criativa.
Queremos nesta hora fazer parte dessa comunidade espiritual responsável pelos ensinamentos que temos recebido.
Permita-nos participar dessa energia de podermos entrar em comunhão com as forças energéticas responsáveis pela evolução do universo cósmico.
Acreditamos sermos parte desse processo divino de criação e, portanto, portadores da semente vibracional responsável pela evolução de todas as coisas existentes, não só no presente como também no passado e que serão realizadas no futuro.
Cremos num Deus criador de bondade, justiça e misericórdia.

ATO PENITENCIAL:


Pedimos a Jesus que interceda por nós, junto ao Pai nos reconciliando com o amor divino. Que o nosso espírito seja aberto ao conhecimento, através do perfeito entendimento da nossa proposta salvacionista através de Jesus e integracionista através do conhecimento das coisas de Deus ensinadas pela nossa ordem.
Senhor vós que sois o defensor dos oprimidos, mantenha acesa a chama de salvação para que possamos através da sua luz aprender ainda na terra as lições ministradas no livro de Deus.

Todos:

Senhor tenha compaixão e nos ensine a sua verdade, para que possamos nos sentir esclarecidos, iluminando a nossa evolução, com o objetivo de nos tornarmos úteis ao serviço divino superior.

1º LEITURA DA PALAVRA

(Sugestão de leitura, caso não tenham escolhido um texto do Velho Testamento da Bíblia)

A voz profética de Sofonias anuncia a vinda de nosso senhor Jesus Cristo e com a vinda do senhor o conhecimento superior e o amor a Deus. Assim está na bíblia em Sf:3 14 ao 18 .
O profeta anuncia novos tempos, novas mensagens, nova visão do mundo espiritual dos Judeus com a vinda do mestre, profetizando o seu nascimento.
A nossa ordem reverencia esta profecia que trouxe a luz de Deus para a salvação dos seus filhos.
O valente guerreiro que aqui neste texto salva traz agora a palavra de conhecimento através da mensagem da ordem, na qual foi o seu sumo sacerdote.
O que temos agora na vida espiritual de todos nós, é a salvação. O conhecimento e a integração é a nossa proposta.
É um momento único na vida espiritual de todos nós.

SALMO RESPONSORIAL

Exultai, cantando alegres, pois é grande em vosso meio o Deus Santo de todos nós, que nos traz a sua palavra de conhecimento e amor, assim como seu filho trouxe a salvação e o perdão divino.

Todos:

Louvado seja o que vem trazer a luz.


Glorifiquemos a possibilidade que temos de nos integrarmos a grande força divina criadora de toda vibração universal.

Todos: Deus ilumine a nossa fé.

Glorifiquemos (glória):
Glória a Deus pelas leis divinas responsáveis pela evolução espiritual de todos os seres do universo.
Glória a Deus pela luminosidade alcançada pelos espíritos que trabalham incansavelmente pelo aperfeiçoamento espiritual de toda a humanidade.
Glória a Deus pelas leis evolutivas que tem como objetivo aperfeiçoar e expandir o sistema crístico de conhecimento integrando as energias responsáveis pela criação da vida universal.
Glória a Deus pela sagrada missão de conhecer e praticar as orações responsáveis pelo fortalecimento espiritual de cada criatura.
Glória a Deus pelo entendimento adquirido, através da purificação responsável pelo maior grau de integração, comunhão e conscientização da atividade espiritual.
Glória a Deus pela eternização da energia espiritual responsável pela semeadura cósmica contida no processo de criação da vida universal.
Glória a Deus pela criação dos átomos espirituais componentes do processo de integração e luminosidade contida na manifestação Divina criadora.
Glória a Deus pela possibilidade de participarmos do processo crístico de evolução e conhecimento, até o aperfeiçoamento máximo de cada ser no processo dimensional a que está pertencendo.

SEGUNDA LEITURA

(nessa hora o ouvinte deverá ler um trecho do novo testamento)
Caso não tenha escolhido nenhum trecho, sugerimos o texto abaixo:

A certeza da vinda do senhor como diz Paulo deve nos encher de alegria.
Devemos prepara-la com uma vida sóbria e santa, pois a palavra de Deus enche o espírito, encanta a alma e engrandece o conhecimento divino superior.
O conhecimento agora é nosso objetivo, instruir para que o amor sacrificial de Jesus seja o instrumento sentido e compreendido por todos.
Os sacerdotes perguntaram a João Batista se ele era o messias ele respondeu que não era e que não servia nem para “desatar suas sandálias”.
A lição de humildade de João Batista o tornou segundo Jesus o maior dos filhos nascidos de mulher.
João Batista disse: “é preciso que ele cresça e eu diminua”. Esta também deverá ser a nossa postura.
Portanto o conhecimento que será mostrado pela nossa ordem deverá ser sentida, aprendida e repassada com a maior humildade.
Nós não queremos expor nossos sacerdotes a conflitos. Expomos nossas idéias e não impomos nossos conhecimentos. Esta é a nossa lei.


PROFISSÃO DE FÉ

O credo é a profissão de fé. Nele devem estar contidas as bases de fé de qualquer proposta religiosa. Ela deve conter toda a sabedoria resumida no amor e conhecimento dos seus seguidores.
Deve se sustentar na concentração em suas palavras as idéias básicas cujo objetivo deverá ser o de expandir o conhecimento divino.
Vamos pedir a Jesus que interceda por nós através dos seus anjos e santos junto ao Pai, para que nosso credo seja aceito e nos ajude a crescer espiritualmente, integrando nossa prece ao conhecimento superior. Que esta intercessão nos traga o entendimento e o crescimento espiritual.
Cremos no seu enviado divino, Jesus Cristo, responsável pela difusão do evangélico cósmico contendo os preceitos necessários ao aperfeiçoamento em grau crístico desde que vivenciados, sentidos e aplicados por qualquer ser humano encarnado.
Cremos na evolução do espírito como condição necessária, para atingir o seu grau máximo de expressão e manifestação em luminosidade superior.
Cremos na manifestação e ação das energias geradas em nosso espírito, necessárias ao equilíbrio, conhecimento e integração de todos os que estiverem sobre a ação do nosso direcionamento mental.
Cremos na ação do pensamento divino e sua capacidade de movimentar e agir sobre todo e qualquer campo atômico que estiver sobre sua ação intencional.
Cremos que conseguiremos sempre a partir de uma postura mental completa, realizar todos os nossos objetivos com a ajuda divina.
Cremos que esta energia gerada por este grupo, em comunhão, juntamente com a força divina, permita que a nossa força, seja cada vez mais ampliada e integrada aos nossos objetivos pessoais e aos objetivos superiores a qual nossa missão estiver subordinada.
Cremos que estamos sendo a todo tempo guardados por entidades superiores que nos ajudam em nossa vida diária e em nossas reflexões mediante as ações relativas ao aperfeiçoamento do nosso espírito, durante toda fase de purificação a que estamos submetidos pela lei magnânima e corretiva, desde a criação do 1° átomo espiritual, até o maior grau de luminosidade e expansão.
Cremos que somos responsáveis pelo equilíbrio das forças energéticas superiores.
Cremos que fazemos parte do processo de estabilização, ampliação e expansão destas energias.
Cremos na unidade do espírito santo.
Cremos no poder infinito e criador de Deus.
Cremos que podemos realizar os nossos propósitos desde que sejam avaliados e que sejam para nós concedida melhor luminosidade espiritual, porque somos filhos de Deus.

Acreditamos nesta máxima, e deveremos repeti-la como obrigação diária:
Posso e realizo, porque sou filho de Deus.

CREDO DA ORDEM

Creio em Deus Pai, Criador das esferas superiores e dos campos em evolução através da carne,
Em seus Filhos, como missionários da luz espiritual,
Os quais foram gerados pela sabedoria infinita do Pai.
Nascemos no Reino de Deus e padecemos em glória ao Pai de evolução,
Somos abençoados pelo sofrimento carnal purificador.
Morremos fisicamente e nascemos espiritualmente, para vibrarmos em comunhão com os espíritos puros, que geram energia de criação, porque foram gerados pelo pai da criação.
Em nome do Pai da Criação, dos Filhos Criados, e dos Espíritos Puros, para a Glória da Missão Superior.


ORAÇÃO ECUMÊNICA DOS FIÉIS


Pedimos a Santa Igreja de Deus, cuja fé estamos professando neste momento, que possibilite a todos seus filhos a salvação e o conhecimento, para que a nossa compreensão aumente e nos traga a felicidade suprema.
Não permita Senhor que possamos cair em tentação, no desânimo e no desespero dando-nos força e energia para que possamos superar todo e qualquer obstáculo para que todos que tenham sido batizados no amor de Cristo e também os que tenham sido batizados em suas religiões de nascimento, possam receber a luz de Deus no seu dia a dia, na luta pela sobrevivência e pela conquista dos seus objetivos.


LITURGIA


Senhor ilumine com sua luz o nosso ato litúrgico e nossa oferenda através do reconhecimento dos símbolos da terra presentes na formação de todos os corpos físicos definidos na constituição atômica dos organismos físicos, na reprodução celular, na geração da força eletromagnética através da força semiônica responsável pela combustão intramolecular de todos os seres.

Todos: Que essa consagração possa nos aproximar da natureza criada por Deus, tornando-a ativa e participativa.

Todos: Que Deus ilumine a nossa mensagem.

Que a nossa oferenda espiritual, através da nossa fé, possa desenvolver e ampliar as energias geradas pela força divina em ação, na natureza criativa e reprodutora, criando esta força contida nos ensinamentos de Jesus, nosso mestre, que preparou o espírito humano, para receber a luz do conhecimento magnético, possibilitando o primeiro passo para a integração do homem crístico.

Que a energia divina contida nesses ensinamentos, nos faça despertar para a verdade superior.

CONSAGRAÇÃO DAS NOSSAS OFERENDAS

(Nesse momento, os meditantes devem colocar as mãos acima das oferendas (água, azeite, o pão e o sal) com a intenção de abençoar os ingredientes que serão usados durante a comunhão logo mais.)

Receba Senhor, por nossas mãos, esse sacrifício, para a glória do seu nome, para o nosso bem e para a glória da igreja de Deus. Que nós possamos ó pai, oferecer-vos sem cessar, esses dons da devoção, para que ao celebrarmos esse ato, possamos estar nos integrando à força divina, presente em todos nós. Que segundo disse Jesus: - Vós sois deuses. Nos dando autorização moral e divina, para pleitearmos nosso justo lugar, nos campos divinos de vibração superior.

Por isso rezamos:  (SANTOS)

Santos, santos, santos,
Osana no mais alto dos céus,
Santas são as energias purificadoras.
Santos são os espíritos purificados.
Santa é a missão superior.
Santo é o respeito mútuo entre os seres.
Santo é a verdade divina contida no evangelho de Cristo.
Santo é o amor de Deus pela obra criada.
Santa é a energia vibracional capaz de modificar qualquer campo vibratório.
Santo é o amor do semelhante pelo semelhante.
Santo é o sentimento e o conhecimento da verdade divina.
Santo é o amor de Cristo pelos filhos criados.
Santo é o entendimento superior.
Santa é a verdade superior.

OFERTÓRIO

Que a nossa oferenda possa ser santificada pela nossa fé em Deus, pai criador de todo o processo evolutivo, através do seguinte postulado de fé:

Somos criados pela força vibracional superior, recebemos da criação divina, o dom de compreendermos, a essência espiritual que existe em cada um de nós.

Através da ação desta essência, nos é permitido encaminhar o fluxo energético mental, em direção ao autoconhecimento e reconhecimento da ação superior, da energia gerada em condições de atuar, desde que apoiada na fé em Deus e em campos superiores de integração.

O comportamento dessa ação energética nos permite nos oferecermos como seres portadores dessa energia espiritual condensada em cada um de nós. Por esta razão ofertamos esta meditação.

Cremos em Deus
Cremos em nós
Cremos na força vibracional
Amamos as pessoas que nos trazem a paz
Amamos a Deus pela busca da nossa paz
Cremos no entendimento dos nossos semelhantes
Oferecemos este entendimento a Deus pelo reconhecimento da possibilidade de pensarmos positivamente em nosso semelhante
Oferecemos aquilo que existe de amor em nós ao plano divino superior,
Oferecemos a Deus a possibilidade de realizarmos obras importantes, tanto no plano espiritual, como no plano material.
Oferecemos a Deus nossa capacidade mental de compreensão pelo sentimento e entendimento das coisas que vem de Deus.
Oferecemos o potencial de Deus, que habita em nós, em agradecimento pela nossa existência evolutiva pela possibilidade de estarmos vivos, conscientes, e prontos a agir tanto no plano espiritual, como no material.
Oferecemos o fogo divino contido em nós mesmos e simbolizado nesta pira, pela purificação das correntes mentais que atuam negativamente no plano da evolução, retardando o processo de amadurecimento espiritual das criaturas que habitam este campo de evolução.


RITOS DA COMUNHÃO

Obedientes ao ensinamento da nossa ordem, através da atuação direta do colégio sacerdotal, apoiado pelas entidades que compõem o corpo divino de comunicação, passamos a solicitar neste momento o apoio divino para que possamos conseguir a condensação energética espiritual em grau máximo.

COMUNHÃO

Que o fogo, a água e o sal, símbolos da geração de energia criada pela sabedoria de Deus nosso Pai, possa acelerar o nosso crescimento interior através do amor ao próximo, da caridade, da justiça, solidariedade e conhecimento.

Senhor Deus e nosso Pai criador, oferecemos através da atitude divina o nosso amor crístico, como doação energética neste momento da nossa comunhão com a seguinte afirmação:
(Impostar as mãos sobre as oferendas (sal, água, azeite e pão) emanando energias positivas e bençãos).

Que a energia divina contida neste sal purifique a minha vida.
Que a energia divina contida neste pão alimente a minha vida.
Que a energia divina contida nesta água abençoe minha vida.
Que a energia divina contida no fogo da transformação me torne um ser puro e energético para a grandeza de Deus e do conhecimento divino superior.

Que o óleo que coloco sobre a palma das minhas mãos me torne um sacerdote da salvação e do conhecimento, realizando o meu trabalho espiritual a serviço da ordem de Melquisedec, representada na terra pela encarnação do verbo divino através de nosso senhor Jesus Cristo tornando-me também um sacerdote de integração de grau segundo o meu merecimento dando-me a oportunidade de servir com todo meu amor e conhecimento ao Deus altíssimo.

CONSAGRAÇÃO

Sendo vosso servo criado a vossa imagem e semelhança e, portanto, portador na qualidade de seu filho legitimo, da força criadora, peço a vos que aceite esta minha concentração mental, como condição de identificação plena, como o pensamento divino, responsável pela obra criada. Neste ato por decisão pessoal e confissão espiritual, entrego-me em comunhão na identificação plena com Deus.

Através desta concentração, estou recebendo desta força criadora a luminosidade necessária ao meu fortalecimento espiritual. Crente que sou unidade do espírito santo e na capacidade de condensação e expansão da energia divina, entrego-me com todas as minhas forças espirituais, ao campo vibracional divino superior, com objetivo de alto iluminar-me. Conseguirei esta iluminação pela fé e pela vontade em servir a Deus nosso pai.


Por isto penso e afirmo:


Eu tenho a luz
Eu sinto a luz
Eu vejo a luz
Eu condenso a luz
Eu amplio a luz
Eu expando a luz
Meu pensamento viaja na luz
Meu conhecimento se propaga na luz.
Minha luz vai se integrar às esferas luminosas e elevadas, segundo o meu merecimento.
Minha luminosidade ajudará a todos os seres encarnados e desencarnados.
Sinto-me através da minha luz, capaz de restaurar corpos físicos, em descontrole vibracional, com o apoio da ajuda divina e do amor de Cristo.
Minha luz cura. Minha luz realiza parte divina na obra da criação.
Sou filho de Deus, e, portanto estarei sempre por todos os séculos dos séculos em comunhão com Deus.
Sinto-me no meu presente ato de existir, como ponte, entre a vida física e vida espiritual.

(Passar as oferendas nas palmas das mãos, beber a água e comer o pão ou uma pitada do trigo)

Que a energia divina contida neste sal purifique a minha vida.
Que a energia divina contida neste pão alimente a minha vida.
Que a energia divina contida nesta água abençoe minha vida.
Que a energia divina contida no fogo da transformação me torne um ser puro e energético para a grandeza de Deus e do conhecimento divino superior.

Que o óleo que coloco sobre a palma das minhas mãos me torne um sacerdote da salvação e do conhecimento, realizando o meu trabalho espiritual a serviço da ordem de Melquisedec, representada na terra pela encarnação do verbo divino, através de nosso senhor Jesus Cristo, tornando-me também um sacerdote de integração de grau, segundo o meu merecimento, dando-me a oportunidade de servir com todo meu amor e conhecimento ao Deus altíssimo.

(Manter a concentração em Deus durante alguns instantes).


SOLICITAÇÃO ANGÉLICA


Pedimos a ancoragem da ordem Angélica, através dos seus príncipes por solicitação de nosso Senhor Jesus Cristo e do colégio apostolar da ordem de Melquisedec:


Serafim – Príncipe Metratron
Querubim – Príncipe Raziel
Tronos – Príncipe Tsaphikiel (Ariel)
Dominações – Príncipe Tsadkiel (Uriel)
Potências – Príncipe Camael
Virtudes – Príncipe Raphael
Principados – Príncipe Hani
Arcanjos – Príncipe Mikael (Miguel)
Anjos – Príncipe Gabriel.

Aos 12 anjos representantes dos 72 anjos da cabala:


Arcanjo Harahel - (salmo 112 – vela verde)
Serafim Leiahel – (salmo 9 – vela lilás)
Virtudes Yelaiah (salmo 118 – vela branca)
Arcanjo Ieialel – (salmo 06 – vela amarela)
Arcanjo Nemamiah –– (salmo 113 – vela verde)
Serafim Cahetmel –– (salmo 94 – vela branca)
Principado Poiel – (salmo 144 – vela branca)
Arcanjo Umabel. (salmo 112 – vela verde)
Querubim Hahaiah – (salmo 09 – vela lilás)
Querubim Mebahel .– (salmo 09 – vela lilás).
Dominação Haaiah – (salmo118 – vela branca)
Arcanjo Iah-hel –  (salmo118 – vela branca)

Aos santos apóstolos:

Pedro, João, Tomé, Thiago Maior, Thiago Menor, Simão, Felipe, André, Mateus, Bartolomeu, S. Judas Tadeu, que conviveram com Jesus e Mathias escolhido após a missão sacrificial de Jesus no lugar de Judas Iscariotes.

A Saulo que de perseguidor passou a ser o apóstolo São Paulo.
Aos Evangelistas Lucas e Marcos que não conheceram Jesus.
A Barnabé companheiro de apostolado.
Aos doze santos canonizados pela igreja católica apostólica Romana:
A Santo Expedito, Santa Edwiges, Santa Ana, Santa Rita de Cássia, São Domingos, São Bento, São Benedito, São Vicente de Paula, São Francisco de Assis, São Jerônimo, Santo Thomas de Aquino e Santo Anastácio.

PAI NOSSO (Jesus)

Pai nosso que estais no céu,
Santificado seja o vosso nome,
Venha a nós o vosso reino,
Seja feita a vossa vontade,
Assim na terra como no céu,
O pão nosso de cada dia nos daí hoje,
Perdoai as nossas ofensas
Assim como nós perdoamos a quem nos tenha ofendido
Não nos deixeis cair em tentação,
Livrai-nos do mal,
Assim seja.

PAI NOSSO DA ORDEM

Pai de toda vibração universal, santificados sejam os campos divinos de vibração superior,
Venha a nós os vossos iluminados mensageiros de luz, sejam cumpridas as leis evolutivas
Assim nas esferas superiores, como nos campos em transição evolutiva de vibração densa
O alimento espiritual de cada dia, dai-nos à toda eternidade
Perdoa-nos, santificando o tempo que levamos, no cumprimento dos nossos resgates espirituais
Assim como nós temos a obrigação de compreender e perdoar nossos irmãos, que privados da maior
compreensão, não conseguem em seu estágio atual de evolução espiritual, vibrar numa esfera mais superior e atingir estados mais elevados de consciência, onde a sabedoria espiritual, livra o homem da condição de devedor
Não nos deixeis meditar sobre o que for contrário à evolução do espírito, mas dai-nos a força necessária para gerarmos a força necessária, a fim de possibilitar ao nosso espírito, uma maior visão e uma maior compreensão do plano da criação.
Em nome do Pai da criação, dos filhos criados e dos espíritos puros
Para a glória da missão superior.


A BENÇÃO DA FAMÍLIA E DESPEDIDA.

Pedimos a sagrada família de Jesus:

São José, Santa Ana, Nossa Senhora da Aparecida, São João Batista, que abençoem todas as famílias do planeta e particularmente a nossa família.
Que possam renascer por intercessão dos santos anjos, apóstolos e santos canonizados criaturas espiritualizadas, iluminadas pelo espírito santo para acelerar o processo de purificação planetária para que através de uma nova consciência, possamos melhorar o convívio do semelhante, trazendo paz e entendimento entre os povos.
Permita Senhor, que renasçam na carne grandes líderes altamente espiritualizados tanto na política, como na ciência e religião, com a missão de atuar positivamente no sistema político e financeiro vigente, altamente corruptor e injusto, tornando a vida na terra apenas digna a uma minoria que teve acesso a educação e que tenha vindo de um berço mais promissor que lhe deu possibilidades de aprimoramento.
Que todos possam crescer espiritualmente, e finalmente compreenderem a importância da solidariedade, do amor e do conhecimento.
Para que a pobreza possa ser eliminada pela justiça humana, já que foi gerada pelo comportamento humano. Quando isto acontecer nossa Ordem acredita que todas as entidades evangélicas estarão apoiando a proposta humana.
Só assim, as guerras religiosas ou não poderão encontrar um fim unindo todas as pessoas, vendo o seu semelhante como um doce amante da paz, para que haja um só rebanho e um só pastor.


Ave Maria


Ave Maria cheia de graça
O senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
Bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria mãe de Jesus
Rogai por nós pecadores
Agora e na hora da nossa morte
Amém.


Ave Maria (Ordem)

Ave Maria cheia de graça
O senhor é convosco
Bendita sois vós entre as mulheres
Bendito é o fruto do vosso ventre Jesus.
Santa Maria mãe de Jesus
Rogai por nós filhos e filhas
Agora e na hora da nossa vitória
Contra a doença, o pecado e a morte.
Amém.

SOLICITAÇÃO A JESUS:

Que através da autorização de Jesus: “pedi e obtereis, buscai e achareis, batei-vos e a porta abrir-vos-á nossos caminhos sejam abertos para nosso trabalho diário, através da seguinte solicitação:
Senhor Deus, nessa hora pela vontade do Pai, elevo meu pensamento até vós, pedindo proteção para o meu trabalho material diário, que representa o sustento da minha vida pessoal, da minha família, do meu equilíbrio financeiro e minha segurança.
Afaste do meu trabalho pessoal pessoas que possam provocar a intriga, a maledicência, a inveja, o ódio e tudo que possa prejudicar o meu desenvolvimento profissional.

Senhor Deus, protegei o meu trabalho.
Iluminai o meu trabalho.
Abençoai o meu trabalho. (repetir 3 vezes os três itens)


Oração para ajuda pessoal

Senhor Deus de toda a vibração universal.
Aproxima de mim, nesta hora, os campos superiores de conhecimento, fazendo com que este campo traga até mim pessoas que possam efetivamente me ajudar, dando-me condições de realizar os projetos de trabalho necessários a minha sustentação pessoal e dos que dependem direta e indiretamente de mim, peço nesta hora que eu seja atendido nas minhas solicitações_______________________________________ (fazer as solicitações durante três minutos).

PEDIDO DE PROTEÇÃO

Peço também proteção através dos dez mandamentos, para libertação das forças negativas que possam interferir no meu desenvolvimento espiritual e material:

10 MANDAMENTOS PARA LIBERTAÇÃO DAS FORÇAS NEGATIVAS

Senhor Deus afaste de mim toda vibração negativa;
Afaste de mim toda corrente de energia inferior que tenha por objetivo me atingir;
Afaste de mim as criaturas levianas, mentirosas e sem caráter;
Mantenha ao meu lado pessoas de bem;
Afaste de mim os invejosos e maledicentes;
Afaste de mim toda perturbação energética que possa me afetar materialmente, psicologicamente e emocionalmente;
Limpai-me com a água sagrada da força vibracional celestial;
Derramai até mim a força crística que foi gerada por Jesus Cristo nosso mestre maior;
Que Deus olhe por mim neste momento;
Que Deus me liberte de todos os males.


ORAÇÃO PELA VIDA.



Cremos na vida espiritual evolutiva.
Cremos que a semente divina foi semeada em todo universo.
Cremos na condensação energética, dos átomos divinos criadores e que são responsáveis pela constituição física dos corpos atômicos definidos e constantes da força universal.
A vida é a mãe do processo evolutivo e o processo evolutivo evolui as esferas dos campos divinos superiores.
A cada momento de aprendizado nos campos de transição evolutiva estamos aumentando a capacidade de energização de todo componente bioenergético, bioplasmático, responsáveis pela captação das vibrações cósmicas, cuja finalidade é proporcionar fluidos energéticos, necessários para que o ser humano alcance a idade da razão cósmica.
Cremos que o nível superior de entendimento será responsável pela paz espiritual tão almejada pela humanidade neste campo de evolução.

Ao encerrar a nossa meditação pedimos para todas as pessoas necessitadas, para todos os doentes em hospitais e familiares que porventura estejam passando por momentos difíceis, através de um pensamento pessoal de ajuda. (Envie sua vibração para quem você acha que esteja precisando de ajuda).

Que Deus ilumine o nosso caminho.
E como disse Jesus: - "Eu vos dou a minha paz, eu vos deixo a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé Cristã que anima a nossa igreja.

Salve Deus, salve Deus, salve Deus...

terça-feira, 28 de março de 2017

ACREDITAR - Psicografia Cristiciísta

Psicografado por Adilson T. de Godoy
Mentor: D' Adyan
Ordem Espiritual Crística
Filosofia Cósmica do Poder Divino Integralizado
www.cristiciismo.com.br
www.filosoficacristiciista.com.br

As religiões existem porque a fé existe. Se não houvesse fé não haveria religião. Qualquer crença não pode prescindir da fé. A fé é a mola mestra. Sem ela não existiria nenhum culto religioso em nenhuma das religiões existentes no mundo.

A fé é a base e o alicerce. Tudo está na fé. A fé em Deus foi a grande força que fez com que os Hebreus se juntassem em uma só tribo e seguissem Moisés até o Monte Sinai, onde estava o sinal de Deus para a terra prometida.

Os textos bíblicos falam todo tempo sobre a fé. A fé, à frente, a credulidade, eis o ponto essencial em toda religião. “A fé remove montanhas”. Jesus Cristo pregou a fé em Deus, colocou seus discípulos sob o manto da fé e exerceu esta fé até o ultimo dia de sua vida.

Jesus alicerçou sua fé nas promessas de Deus, seu Pai e seu Criador. Alicerçou sua fé em uma obra criada por seu pai, que é a obra manifestada aos olhos dos homens, ou seja, o céu e a terra. Jesus sempre disse: “Meu Pai que me enviou é o criador de tudo, das águas e de todas as coisas. Vamos louva-lo e engrandecê-lo, pois, ele é o causador de tudo. ”

O segredo da vida está na fé em Deus. Ela conduz a vontade, e a luz, a crença. Uma das coisas mais importantes é acreditar. Jesus pregou a crença absoluta em Deus e constituiu uma Igreja pessoal em sua memória, para que esta fé, não fosse apagada de todos os seres. Ele lutou por esta causa, se sacrificou por ela e foi muito claro. Para ele, a fé seria a base de suporte para manter sua ideia ativa, e sua atitude seria importante para manter esta fé em Deus. Ele transmitiu o seu poder através dos seus postulados quando se referiu ao seu corpo e predisse: “Destruam este corpo e eu o levantarei em 3 dias”. Porque 3 dias?
 
Cristo sabia da importância das 3 forças para que pudesse energizar esta situação de morte física. Ele falou da tríade predizendo sua ressurreição. A força em Deus, seria ativada pela sua fé, que mesmo depois da morte, acendeu a luz da vida dentro daquele corpo ferido, machucado e torturado. Foram necessários 3 dias de repouso espiritual antes que ele acordasse.

Esta foi a ação do Pai celestial dentro dele mesmo, pois ele sempre dizia: “Eu e meu Pai somos um”, como ele proclamava sua própria divindade e a divindade tem a vida eterna, esta mesma divindade o despertou.   Jesus foi ressuscitado dos mortos por ele mesmo. O Deus Pai, ressuscitou o Deus filho, e o Espírito Santo o libertou do túmulo através da ação Angélica. Existe muita controvérsia histórica de como o corpo físico de Jesus conseguiu sair do tumulo.

Teria ele saído totalmente recuperado e usado uma força física descomunal para empurrar a pedra que selava o tumulo? Ou ele foi ajudado secretamente por amigos íntimos que durante a noite, enquanto os soldados dormiam, colocaram uma alavanca, abrindo uma pequena fresta entrando e levando o corpo para fora?

Na segunda opção, seriam necessários dois homens, um de cada lado, para que o Cristo, ainda machucado, pudesse caminhar e desaparecer, já que qualquer um que houvesse se recuperado da crucificação, seria novamente executado.

Outra versão diz que os anjos incumbidos da proteção de Jesus, entraram no corpo de dois soldados adormecidos, e agiram como se eles fossem médiuns inconscientes. Eles mesmos abriram o tumulo e novamente voltaram para o lugar que estavam e continuaram dormindo.

A partir do momento que o tumulo estava aberto, o próprio Jesus sem o auxílio de ninguém, não tendo ninguém como testemunha, saiu e desapareceu de cena. Só voltando depois de recuperado para dar testemunho da sua ressurreição.

Outra versão, é de que Jesus foi levado pelos dois homens que o tiraram com vida e o conduziram a lugar ignorado, mantendo-o longe de qualquer possibilidade de ser descoberto até o fim de sua vida.

Outra versão, é que Jesus projetou através da sua imensa força interior, o seu corpo astral, estando fisicamente em profunda meditação, atravessando parede e se apresentando aos apóstolos, utilizando o fluido magnético deles mesmos para materializar o seu corpo.

A última versão é a da igreja. De que Jesus ressuscitou, saiu do tumulo, atravessou paredes com seu corpo físico, transformado em corpo glorioso e subiu aos céus, com este corpo físico e com todos os órgãos funcionando normalmente como na matéria.

A grande questão racional, é como este corpo de carne e osso poderia penetrar nos campos vibracionais superiores, considerando que o fenômeno energético espiritual, se passa em outra dimensão?

Escolha você qualquer uma dessas opções. Para nós, pouco importa se Jesus ressuscitou ou não ressuscitou dos mortos, se subiu ou não subiu aos céus com seu corpo físico glorioso. Se amanhã algum arqueólogo descobrir o tumulo de Jesus, a nossa fé não será vã, como disse Paulo: “Se Jesus não ressuscitou então é vã a nossa fé”.

Nós acreditamos nos seus ensinamentos, na sua palavra e na sua doutrina para o aperfeiçoamento moral das criaturas. Não importa se Cristo ressuscitou com seus órgãos e membros intactos e subiu ao céu dessa forma ou se ele se transformou em corpo energético da mesma maneira como acontece com qualquer ser humano que desencarna, isso não tem o menor problema para nossa crença.

O milagre da ressurreição de Cristo foi o maior milagre de todos. Ele ressuscitou a si mesmo. Ele viveu de novo. Jesus manifestou a fé nele mesmo com muita convicção dizendo:

- “Aquele que crê em mim ainda que esteja morto viverá”. Ele foi o primeiro a crer nele mesmo.
- “Levantarei este templo em três dias”. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vai o Pai senão por mim”. “Quem vê a mim, vê o Pai que em mim vive”.

Ele falava com muita autoridade e convicção, como um Deus vivo, e realmente, tinha um poder extraordinário. Se os Judeus não o aceitaram como o Messias, não verão outro com essa força espiritual, que cumpriu as profecias dos profetas bíblicos citados no antigo testamento e que convictamente declararam o Messianismo de Jesus, pelo menos três mil anos antes dele nascer.

Não sabemos claramente que tipo de Messias os Israelitas esperam até hoje. Na época de Jesus, muitos se apresentaram e não resolveram nada, ao contrário, provocaram a ira dos Romanos, que destruíram o templo de Jerusalém e se não fosse um rabino implorar de joelhos, o torá enrolado com cuidado e lido de uma forma sagrada, no templo, em ocasiões especiais, jamais seria encontrado pela arqueologia.

O soldado Romano olhou aquele documento, pensou e não se sabe porque deixou o Rabino levá-lo.

A convicção de Jesus era muito grande. Disse aos seus discípulos: “Se tiverdes a fé de um grão de mostarda dirá a aquele monte, mude de lugar, e ele mudará”.

Sua vida foi uma lição de fé. Nada se constrói sem fé, sem crença, sem idealismo e sem perseverança, para tanto é preciso organização, aplicação, planejamento e objetividade.

Nossa ordem prega a objetividade e a nossa fé é clara no poder do pensamento, no Deus interior, e no anjo dentro de cada um de vocês. Este anjo é o executor da vontade de cada um. Você caminha com Deus a todo minuto. Seu Deus é seu anjo que conhece toda sua vida e todas as suas inspirações. Você precisa despertá-lo e a vida se abrirá para você.
Nós pretendemos, através de nossas meditações, despertar essa força Angélica interior. Jesus disse: “Vós sois Deuses”. Ele só diria isto se tivesse plena convicção que o seu anjo fosse o seu Deus.

Ele dividiu a sabedoria e a imortalidade com você. Pense nisto. O nosso caminho religioso, é manter este Cristo interior em você, ativo e agindo em seu benefício para torná-lo realizador e criador
Todos vocês podem escrever seu livro divino, improvisar suas orações e exercer seus pensamentos energéticos. Façam isso. Tentem. Sejam médiuns de si mesmos, pois a força está em vocês.
Não desanimem enquanto não conseguirem. Estabeleçam etapas. Quando cumprir uma etapa vá para outra, por exemplo, se cada um de nossos colaboradores conseguirem dez interessados do seu relacionamento pessoal, nós estaremos ensinando nossa filosofia para muita gente em pouco tempo.

Entendemos que é difícil conseguir dez pessoas com tempo e interesse. Tentem durante um ano de prazo. Vá falando da Ordem Cristiciísta, divulgando pela internet e em outros meios de comunicação. Exponha em reunião suas ideias sobre como divulgar nosso trabalho. Acredite e dê o primeiro passo. A fé, o desejo, a vontade, são forças extraordinárias, que atuam decisivamente para consolidação de todas as ideias e todas as propostas de realização. Não tenha medo. Nós estamos no caminho certo. Nosso barco angélico conhece o porto e sabe o caminho da saída e da chegada. Temos um barco e tanto. Navegaremos pelos sete mares da criação, conheceremos os sete raios regenciais, os sete anjos da presença e os selos da sabedoria.

Vamos viajar com segurança pelas praias e pelos campos, seguidos do amor e do conhecimento.
Creia em você como fonte geradora de energia. Como centro irradiador de luz e de paz. Faça os exercícios essenciais da meditação. Pratique a meditação diária. Se habitue a orar antes de sair para trabalho para evitar acidentes que as vezes ocorrem por absoluta falta de atenção e concentração naquilo que você está fazendo.

Acreditar que nada poderá abate-lo ou destruí-lo é fundamental.
 
Lembre-se do salmo 89 e 90 do antigo testamento.


SALMO 89

1. Cantarei para sempre o amor do Senhor; com minha boca anunciarei a tua fidelidade por todas as gerações.
2. Sei que firme está o teu amor para sempre, e que firmaste nos céus a tua fidelidade.
3. Tu disseste: "Fiz aliança com o meu escolhido, jurei ao meu servo Davi:
4. Estabelecerei a tua linhagem para sempre e firmarei o teu trono por todas as gerações.
5. Os céus louvam as tuas maravilhas, Senhor, e a tua fidelidade na assembleia dos santos.
6. Pois quem nos céus poderá comparar-se ao Senhor? Quem entre os seres celestiais assemelha-se ao Senhor?
7. Na assembleia dos santos Deus é temível, mais do que todos os que o rodeiam.
8. Ó Senhor, Deus dos Exércitos, quem é semelhante a ti?
9. És poderoso, Senhor, envolto em tua fidelidade. Tu dominas o revolto mar; quando se agigantam as suas ondas, tu as acalmas.
10. Esmagaste e mataste o Monstro dos Mares; com teu braço forte dispersaste os teus inimigos.
11. Os céus são teus, e tua também é a terra; fundaste o mundo e tudo o que nele existe.
12. Tu criaste o Norte e o Sul; o Tabor e o Hermom cantam de alegria pelo teu nome.
13. O teu braço é poderoso; a tua mão é forte, exaltada é tua mão direita.
14. A retidão e a justiça são os alicerces do teu trono; o amor e a fidelidade vão à tua frente.
15. Como é feliz o povo que aprendeu a aclamar-te, Senhor, e que anda na luz da tua presença!
16. Sem cessar exultam no teu nome, e alegram-se na tua retidão,
17. Pois tu és a nossa glória e a nossa força, e pelo teu favor exaltas a nossa força.
18. Sim, Senhor, tu és o nosso escudo, ó Santo de Israel, tu és o nosso rei.
19. Numa visão falaste um dia, e aos teus fiéis disseste: "Cobri de forças um guerreiro, exaltei um homem escolhido dentre o povo.
20. Encontrei o meu servo Davi; ungi-o com o meu óleo sagrado.
21. A minha mão o susterá, e o meu braço o fará forte.
22. Nenhum inimigo o sujeitará a tributos; nenhum injusto o oprimirá.
23. Esmagarei diante dele os seus adversários e destruirei os seus inimigos.
24. A minha fidelidade e o meu amor o acompanharão, e pelo meu nome aumentará o seu poder.
25. A sua mão dominará até o mar; sua mão direita, até os rios.
26. Ele me dirá: 'Tu és o meu Pai, o meu Deus, a Rocha que me salva'.
27. Também o nomearei meu primogênito, o mais exaltado dos reis da terra.
28. Manterei o meu amor por ele para sempre, e a minha aliança com ele jamais se quebrará.
29. Firmarei a sua linhagem para sempre, e o seu trono durará enquanto existirem céus.
30. Se os seus filhos abandonarem a minha lei e não seguirem as minhas ordenanças,
31. Se violarem os meus decretos e deixarem de obedecer aos meus mandamentos,
32. Com a vara castigarei o seu pecado, e a sua iniquidade com açoites;
33. Mas não afastarei dele o meu amor; jamais desistirei da minha fidelidade.
34. Não violarei a minha aliança nem modificarei as promessas dos meus lábios.
35. De uma vez para sempre jurei pela minha santidade e não mentirei a Davi,
36. que a sua linhagem permanecerá para sempre, e o seu trono durará como o sol;
37. será estabelecido para sempre como a lua, a fiel testemunha no céu."
38. Mas tu o rejeitaste, recusaste-o e te enfureceste com o teu ungido.
39. Revogaste a aliança com o teu servo e desonraste a sua coroa, lançando-a ao chão.
40. Derrubaste todos os seus muros e reduziste a ruínas as suas fortalezas.
41. Todos os que passam o saqueiam; tornou-se objeto de zombaria para os seus vizinhos.
42. Tu exaltaste a mão direita dos seus adversários e encheste de alegria todos os seus inimigos.
43. Tiraste o fio da sua espada e não o apoiaste na batalha.
44. Deste fim ao seu esplendor e atiraste ao chão o seu trono.
45. Encurtaste os dias da sua juventude; com um manto de vergonha o cobriste.
46. Até quando, Senhor? Para sempre te esconderás? Até quando a tua ira queimará como fogo?
47. Lembra-te de como é passageira a minha vida. Terás criado em vão todos os homens?
48. Que homem pode viver e não ver a morte, ou livrar-se do poder da sepultura?
49. Ó Senhor, onde está o teu antigo amor, que com fidelidade juraste a Davi?
50. Lembra-te, Senhor, das afrontas que o teu servo tem sofrido, das zombarias que no íntimo tenho que suportar de todos os povos,
51. das zombarias dos teus inimigos, Senhor, com que afrontam a cada passo o teu ungido.
52. Bendito seja o Senhor para sempre!

Amém.

SALMO 90

  1. Senhor, tu és o nosso refúgio, sempre, de geração em geração.
  2. Antes de nascerem os montes e de criares a terra e o mundo, de eternidade a eternidade tu és Deus.
  3. Fazes os homens voltarem ao pó, dizendo: "Retornem ao pó, seres humanos!"
  4. De fato, mil anos para ti são como o dia de ontem que passou, como as horas da noite.
  5. Como uma correnteza, tu arrastas os homens; são breves como o sono; são como a relva que brota ao amanhecer;
  6. germina e brota pela manhã, mas, à tarde, murcha e seca.
  7. Somos consumidos pela tua ira e aterrorizados pelo teu furor.
  8. Conheces as nossas iniquidades; não escapam os nossos pecados secretos à luz da tua presença.
  9. Todos os nossos dias passam debaixo do teu furor; vão-se como um murmúrio.
  10. Os anos de nossa vida chegam a setenta, ou a oitenta para os que têm mais vigor; entretanto, são anos difíceis e cheios de sofrimento, pois a vida passa depressa, e nós voamos!
  11. Quem conhece o poder da tua ira? Pois o teu furor é tão grande como o temor que te é devido.
  12. Ensina-nos a contar os nossos dias para que o nosso coração alcance sabedoria.
  13. Volta-te, Senhor! Até quando será assim? Tem compaixão dos teus servos!
  14. Satisfaze-nos pela manhã com o teu amor leal, e todos os nossos dias cantaremos felizes.
  15. Dá-nos alegria pelo tempo que nos afligiste, pelos anos em que tanto sofremos.
  16. Sejam manifestos os teus feitos aos teus servos, e aos filhos deles o teu esplendor!
  17. Esteja sobre nós a bondade do nosso Deus Soberano. Consolida, para nós, a obra de nossas mãos; consolida a obra de nossas mãos!



  

segunda-feira, 27 de março de 2017

MEDITAÇÃO DE AUTO-AJUDA - Psicografia Cristiciísta


ABERTURA DA MEDITAÇÃO DE AUTO AJUDA


1) Nessa hora pela vontade do Pai, entre em comunhão com as forças do amor e conhecimento.

Senhor Deus, abra meu caminho, como disse Jesus no seu evangelho: Batei-vos e abrir-vos-á, pedi e obtereis, buscai e achareis.


MENSAGEM.

Acredito na força espiritual e no atendimento Divino do Santos mensageiros representados pelos agentes Divinos que executam a vontade de Deus, atuando nas correntes cósmicas superiores, elevando o nível de integração das energias que são liberadas pelas criaturas solicitantes e captadas e ampliadas pela força Angélica devido ao grau de pureza que fazem parte da natureza dos seres espirituais que compõem o colégio Divino espiritual da ordem de Melquisedec na elucidação do entendimento espiritual, sobre a responsabilidade de entidades com alto grau de integração, amor, entendimento e espiritualização.

Senhor Deus todo poderoso, pai de toda vibração universal, vos que criastes o magnetismo celestial, a comunhão dos elementos a integração das forças espirituais, chamai neste momento o seu anjo divino para me ouvir sobre o que tenho a dizer.

Meu anjo protetor, pela vontade divina e pela ordem de Jesus “buscai e achareis, batei-vos e a porta abrir-vos-á” desejo que este pedido seja levado até o pai criador para que meu objetivo seja atendido através da ação das forças regeneradoras que atuam na magnetização dos campos homologados como energia criativa consolidando o pedido em grau energético de força em expansão. Deus Pai criador, receba do meu anjo o pedido e me atenda, pois preciso da sua ajuda.

Louvado seja Deus.


ORAÇÃO DE PROTEÇÃO PARA O TRABALHO MATERIAL
.

Senhor Deus, nessa hora pela vontade do Pai, elevo meu pensamento até vós pedindo proteção para o meu trabalho material diário que representa o sustento da minha vida pessoal, meu equilíbrio financeiro e minha segurança.

Afaste do meu trabalho pessoal pessoas que possam provocar a intriga, a maledicência, a inveja, o ódio e tudo que possa prejudicar o meu desenvolvimento profissional.

Atenda-me nessa afirmação:

1) Senhor Deus protegei o meu trabalho.
2) Iluminai o meu trabalho.
3) Abençoai o meu trabalho. (repetir 10 vezes os três itens)


ORAÇÃO PARA APROXIMAR PESSOAS IMPORTANTES PARA DESENVOLVEREM PROJETOS DE TRABALHOS.

Senhor Deus aproxime de mim essa hora os campos superiores de conhecimento, fazendo com que esse campo divino de força e vida traga até mim pessoas que possam me ajudar, evitando complicação no meu trabalho dentro da minha profissão___________________.

Nessa hora entrarei no processo meditativo através da meditação de integração de grau, solicitando mentalmente os projetos que representam o meu “pão nosso de cada dia”


ORAÇÃO DE PROTEÇÃO


Peço-vos também quer os dez mandamentos para libertação das forças negativas a partir desse momento façam parte de mim com objetivo de consolidar minha proteção pessoal.
Que esta leitura seja o caminho que pretendo buscar daqui para frente para me proteger e amparar.

Os dez mandamentos são os seguintes:

10 MANDAMENTOS PARA LIBERTAÇÃO DAS FORÇAS NEGATIVAS:

1) Senhor Deus afaste de mim toda vibração negativa;
2) Afaste de mim toda corrente de energia negativa que tenha por objetivo me atingir;
3) Afaste de mim as criaturas levianas, mentirosas e sem caráter;
4) Mantenha ao meu lado pessoas de bem;
5) Afaste de mim os invejosos e maledicentes;
6) Afaste de mim toda perturbação energética que possa me afetar materialmente, psicologicamente e emocionalmente;
7) Limpai-me com a água sagrada da força vibracional celestial;
8) Derramai até mim a força crística que foi gerada por Jesus Cristo nosso mestre maior;
9) Que Deus olhe por mim neste momento;
10) Que Deus me liberte de todos os males.

OBS: Orar três vezes o texto. Abrir e fechar o pedido com a oração do Pai Nosso.
Orar três Pai nosso do evangelho de Jesus.

ORAÇÃO DO PAI NOSSO DE JESUS

Pai nosso que estais no céu,
Santificado seja o vosso nome,
Venha a nós o vosso reino,
Assim na terra como no céu,
O pão nosso de cada dia nos daí hoje,
Perdoai as nossas dívidas,
Assim como nós perdoamos os nossos devedores
Não nos deixeis cair em tentação,
Livrai-nos do mal,
Assim seja.

PAI NOSSO DA ORDEM CRISTICIÍSTA


Pai de toda vibração universal, santificados sejam os campos divinos de vibração superior.
Venha a nós os vossos iluminados mensageiros de luz
Sejam cumpridas as leis evolutivas, assim nas esferas superiores, como nos campos em transição evolutiva de vibração densa.
O alimento espiritual de cada dia, dai-nos à toda eternidade.
Perdoa-nos, santificando o tempo que levamos no cumprimento dos nossos resgates espirituais, assim como nós temos a obrigação de compreender e perdoar nossos irmãos, que privados da maior compreensão, não conseguem em seu estágio atual de evolução espiritual, vibrarem numa esfera mais superior e atingir estados mais elevados de consciência, onde a sabedoria espiritual, livra o homem da condição de devedor.
Não nos deixeis meditar sobre o que for contrário à evolução do espírito, mas dai-nos a força necessária, para gerarmos a força necessária, a fim de possibilitar ao nosso espírito, uma maior visão e uma maior compreensão do plano da criação.
Em nome do Pai da criação, dos filhos criados e dos espíritos puros, para a glória da missão superior.

CREDO DA ORDEM CRISTICIÍSTA

Creio em Deus Pai, Criador das esferas superiores e dos campos em evolução através da carne,
Em seu Filho, como missionários da luz espiritual,
Os quais foram gerados pela sabedoria infinita do Pai.
Nascemos no Reino de Deus e padecemos em glória ao Pai de evolução,
Somos abençoados pelo sofrimento carnal purificador.
Morremos fisicamente e nascemos espiritualmente, para vibrarmos em comunhão com os espíritos puros, que geram energia de criação, porque foram gerados pelo pai da criação.
Em nome do Pai da Criação, dos Filhos Criados, e dos Espíritos Puros, para a Glória da Missão Superior.

Graças a Deus
Graças a Deus
Graças a Deus.

Trecho do Culto Cristiciísta com meditação para proteção da família e do trabalho:

Listen to "4-Meditacao_Cristiciista_parte4" on Spreaker.

A REALIZAÇÃO DE UM SONHO - Psicografia Cristiciísta

O que mais enobrece o espírito humano é a noção do dever cumprido. Estabelecemos em nossa vida metas e assumimos compromissos. Os primeiros compromissos são com os pais, depois com a família, em seguida com o casamento, e o que vem em decorrência dele. A meta na maioria das vezes é seguir até o fim da vida, com os cônjuges, se respeitando, suprindo as suas divergências e trabalhando duro para realizar os objetivos, cumprir as obrigações e completar o alvo familiar. Felizes daqueles que conseguem!

Para quem consegue planejar a vida física de uma forma bastante racional, pode se realizar um sonho. Quem não equilibra a razão com a emoção pode sofrer abalos, mas se for persistente, conseguirá superá-los. Quando iniciamos o trabalho, não tínhamos ideia e nem poderíamos imaginar para o que servia, nem a que projeto pertencia e a quem se destinava.

A conclusão do projeto é também um sonho, não só nosso, mas de nossos amigos espirituais, que juntamente conosco, se empenharam em construir uma base energética, como um início, com a opção de meditação superior, mais a serviço da espiritualidade   do que da criação de qualquer sistema religioso.

O que acontece, é que se a Ordem não for sistematizada e organizada de uma forma estrutural, todo este ensinamento poderá se perder no curso do tempo, por abandono, e não sabemos em que geração será retomada, se ainda tiver forças para checá-la se não estiver soterrada pelo tempo.

Nossa ideia é deixar uma geração que se segue a nossa, com informações suficientes para tocarem este projeto. Existe um colégio sacerdotal no plano espiritual, extremamente empenhado, para que o sistema possa se tornar conferido através da “boca a boca”, pela internet como veículo universal de comunicação. Não existe interesse comercial, pessoal envolvido. Se um destes livros renderem milhões, todos estes recursos serão aplicados em desenvolvimento cultural e assistencial da Ordem, e ainda financiará uma profunda pesquisa, para que a ciência consiga realmente provar a existência do espírito, sua imortalidade, e tentar explicar pelo conhecimento a finalidade da vida, o que fazemos, porque existimos, o que são as grandes questões filosóficas da humanidade.


O homem é produto da evolução espiritual criativa, que determina o encaminhamento da realização, das suas perspectivas pessoais, criatividade, trabalho e a busca dos seus sonhos. Nada se conseguira sem trabalho, objetividade e empenho. Construímos nossa vida com as nossas mãos. Se existe alguma coisa religiosa no corpo humano, são as mãos, aliadas à mente. Os sentidos do corpo humano, expressam a manifestação da vida. Que os humanos ampliem sua fé e o conhecimento, é o nosso objetivo. Este é nosso sonho.

Psicografado por Adilson T. de Godoy
Mentor: D' Adyan
Ordem Espiritual Crística
Filosofia Cósmica do Poder Divino Integralizado
www.cristiciismo.com.br
www.filosoficacristiciista.com.br

domingo, 26 de março de 2017

A FELICIDADE E A RELIGIÃO.


Por: Adilson Teixeira de Godoy
Médium do Colégio Sacerdotal da Ordem de Melquesedeque
Filosofia Cósmica do Poder Divino Integralizado

Aprendemos que a religião existe para trazer felicidade.
Deus nos criou e nos colocou no mundo e fez isso por puro amor, portanto quer a nossa felicidade. Ele nos deu a vida plena, com todos os órgãos do corpo funcionando perfeitamente e um incrível mecanismo mental, sofisticado, com um desenvolvimento evolutivo físico, igual para a maioria das criaturas. Padronizou o corpo físico, os cérebros, não só dos seres humanos, mas de todos os seres criados em suas raças e espécies. Criou o mecanismo da reprodução, e a força Angélica, nos semeou no processo evolutivo, junto com o nosso anjo da guarda, para aprendermos a sentir todas as sensações e vivermos plenamente todos os reinos da natureza dentro do nosso próprio corpo, que carrega no seu interior, elementos naturais, como fósforo, ferro, cálcio, etc.  O corpo humano já foi dissecado por cientistas antigos e modernos, fotografado e computadorizado, sendo objeto de estudo e dedicação de cientistas, tentando descobrir “algo mais”, além do que já sabem e do que não admitem.

Deus não pode ser responsabilizado pelos erros das pessoas, como causador do sofrimento, da injustiça e da dor, como se não tomasse conhecimento pelos caminhos que os seres procuraram para sobreviver. Existem pessoas que não acreditam no livre arbítrio, dizendo que somos conduzidos pela massa social, pelas leis sociais, pelas religiões e sistemas filosóficos, e que não temos condições de abrir mão da vida na sociedade em que vivemos. Isto não tem nada a ver com o livre arbítrio.

Neste exato momento que você está lendo este artigo, se resolver se levantar e fazer aquilo que lhe der na cabeça, você o fará. O campo de desejo é pessoal e intransferível, independente da sua organização social. Tudo na vida depende da escolha que você faz. A decisão e a escolha são suas. A forma como você vai dirigir a sua vida é que tem muito a ver como você se comporta (se ao dirigir seu carro, você andar na faixa certa, respeitar os sinais, as placas de velocidade, dirigir com atenção, não será multado e terá muito mais possibilidades de chegar ao seu destino em paz, do que se sair por aí dirigindo como um maluco ou embriagado por algum tóxico ingerido ou aspirado). A nossa vida depende do caminho que tomamos, dos aconselhamentos que ouvimos quando jovens, das escolhas que fazemos e do modo como escolhemos para viver.

“Amar a Deus sobre todas as coisas". Respeitar a família, dar atenção as pessoas que nos procuram, ser atento e atencioso com todos, principalmente no trabalho, respeitando o espaço e a individualidade dos outros, é um aconselhamento que deve ser seguido, porque é muito valioso e vale uma boa reflexão.

O cuidado na comunicação é muito importante, principalmente dentro da família. O respeito deve começar dentro de casa. Se você tem esta consciência, cresça com essa noção de responsabilidade e carinho, assim, você terá conseguido dar um grande passo em relação à felicidade pessoal, sem precisar de religião nenhuma.

Se a religião entrar em sua vida, para atemorizá-lo e isso lhe causar problemas, não terá nenhum sentido e utilidade para você. Se a religião que seus pais lhe ensinaram, apresentar dúvidas para salvação de sua alma, pense mil vezes antes de optar por ela. Se eles insistirem, você poderá dizer sinceramente: - “Sabe de uma coisa, até aqui eu acreditei na sua religião, em tudo que você me ensinou, mas não vejo mais muita lógica, os conceitos são obscuros, misteriosos, não torna nada claro e na realidade até hoje não me explicou nada, a não ser me chamar de pecador, pecador, pecador”.

Nunca vire ateu porque sua religião não lhe dá explicações necessárias. Se você quiser permanecer nela, estude profundamente sua teologia para aceita-la no seu coração ou então procure outra. “Tudo que teu coração e tua razão não aceita, não aceites".

Eu cometi este erro. Passei anos da minha vida vagando no espaço religioso em busca das minhas inquirições, por conta de uma discussão com um padre quando tinha 14 anos, dentro de um confessionário, pelo absurdo doutrinário que ouvi e que não vou nem comentar. Quando completei 18 anos, resolvi fazer um curso de teologia de dois anos, mas só aguentei seis meses. Mesmo com pouca idade, eu tinha plena convicção que aquele padre não estava no caminho certo.... Quando fui para a faculdade, costumava matar aulas para ler a suma teológica de Santo Thomas de Aquino e tentar não me sentir um peixe completamente fora d´água.

Tenho absoluta convicção, de que se tivesse tido explicações lógicas e satisfatórias, não teria desenvolvido minha profissão na área da música e do direito, e com certeza, teria optado pela vida sacerdotal. Tentei de todas as formas me reconciliar com a minha religião de origem “Católica Apostólica Romana”, mas foi impossível.

A teologia escolástica e clerical, nunca esteve afinada com meu ouvido musical absoluto. Seus dogmas não são fáceis de "digerir".  Depois que você estuda um pouco, e aprende a pensar, você entra num profundo descrédito e decepção. Como conseguiram permanecer no erro até hoje? (Considero um fato heroico). Será realmente que nunca perceberam?

Respeito profundamente a vocação sacerdotal. Uma criatura que opta pelo caminho sacerdotal abandonando os bens materiais e renunciando a vida sexual, inteiramente voltado às orações, se tornando útil a sociedade em que vive, arregaçando as mangas e trabalhando duramente, na construção de uma obra sincera, com amor desmedido pela criatura humana descomedidamente, é um ser digno do maior apreço de todos, pois independentemente da teologia que ele defende e professa, merece o nosso respeito pelo trabalho, dedicação e amor ao próximo.

O verdadeiro sacerdote da Ordem de Melquisedec, dentro ou fora de qualquer igreja, seja ela de qualquer natureza, é um idealista. Acredita na vida, em Deus, na família, em qualquer proposta séria que sirva para melhorar o caminho das pessoas, procurando andar de cabeça erguida como ser humano e profissional.

O sacerdócio não existe somente nas igrejas. Um artista dedicado, um cientista dedicado, um pai de família responsável e dedicado, todos são sacerdotes. Quem vive aquilo que faz, respirando sua profissão, com dignidade, honestidade e respeito, já nasceu batizado. Se quiser conferir, em qualquer religião, recebendo um segundo batismo não terá nada a perder.

É como reconhecer uma assinatura que já existe em qualquer cartório, pois na nossa visão espiritual, esse espírito já foi batizado milhares de vezes. Todos nós acertamos e erramos, errar é humano, reconhecer o erro é que é difícil.

O ser humano é muito vaidoso, se acha grande demais para pedir desculpas. Normalmente, é só sua razão e sua tese que devem prevalecer. A humildade vem com o amadurecimento e com o conhecimento da vida. Se todos fossem perfeitos, não estaríamos num planeta “de expiação e dor” e agora “regeneração”, como dizem os espíritas.

Procure uma religião que lhe dê respostas claras e objetivas para suas questões, que lhe ensine a criar e construir a sua felicidade alegre e confiante. A opção por religiões que exigem rituais para salvar sua alma, deve ficar sob observação. Se seus pais já tomaram as decisões por você, quando ainda era criança, e te batizaram nesta ou naquela religião, cumpriram a parte deles como educadores religiosos, e com certeza, foi o melhor que puderam lhe dar, na visão deles.

Em alguns casos, os pais também podem errar, mas sempre querem o melhor para seus filhos. Eles têm uma alta capacidade de perdão. Quando são atacados perdoam de coração, sofrem calados, procuram entender os “espasmos da juventude" e continuam orando para encontrarem o seu erro, normalmente reconhecendo a atitude que possa ter provocado tanta agressividade. Podem ou não, mudar o procedimento e o comportamento, e os que não reconhecem, continuam errando involuntariamente e não estão nem aí.

Os pais dificilmente podem errar. Os filhos não gostam de pais que erram. É muito mais difícil para os filhos perdoarem os pais, do que o contrário, mesmo quando eles estão errados, geralmente se mantêm arrogantes e não reconhecem suas falhas. Os pais precisam ter muita fé, amor e paciência.

Quando Jesus estava na cruz, ofegante, conseguiu dizer: “Pai perdoai, porque eles não sabem o que fazem”. Quem não passou por isto? Vocês já pensaram o que acontece com os pais mais velhos, indo a um culto religioso, depois de passarem uma vida inteira lutando, e ouvirem um pregador bradar forte: - “Cuidado com o demônio, ele está atrás de você, pague o seu dizimo! ”... Se esses mesmos pais, resolvessem mudar de culto religioso, poderiam ouvir: -  “Minha culpa, minha culpa, minha máxima culpa, portanto peço e rogo, etc.” ou:  - “Confessem seus pecados, se não sua alma será condenada ao fogo do inferno”...

Os líderes religiosos, não fazem distinção nestas interlocuções, se quem está presente é uma senhora de 90 anos, um senhor de 70, ou se entre eles, existem crianças ou jovens inteligentes, promissores, cheios de vida, alegres e que jamais tenham cometido erros graves. É muito constrangedor, olhar para a sua mãe, ao seu lado, reconhecendo toda a sua lisura e honestidade e vê-la inocentemente dizer segurando o terço, com a maior fé do mundo: - “Minha culpa, minha culpa, minha máxima culpa”.  (Meu Deus do céu! Onde estamos, culpa do que? De ter nascido, de ter gerado filhos e se sacrificado por eles?). Deus disse: - Crescei-vos e multiplicai-vos. Onde está o pecado?

Apesar de ter estudado quarenta anos, e ter lido não sei quantos livros, até hoje, não consegui entender e sentir essa história de pecado original. O que é pecado original? Você sabe? Então me explique e me convença. "Quando o padre me perguntou quais eram os meus pecados aos 14 anos, eu respondi sinceramente que não sabia, e lhe perguntei: o que o senhor quer dizer com pecado?"

Papai também teve uma vivência parecida com o padre: - “Senhor padre, toda minha vida lutei, trabalhei, criei, eduquei meus filhos, me dediquei inteiramente a família. Hoje estão realizados, são famosos, felizes, nunca matei, nunca roubei, como professor, ensinei muita gente de graça preparando-os para concursos. Onde pequei? Nunca bebi, mas gostava de um filé mignon e fumava meu cigarrinho.  Comer carne e fumar um cigarrinho é pecado? O senhor gosta de um filé? Já fumou? Quando disse isto, o padre o benzeu e olhou profundamente em seus olhos, apertou sua mão, com os olhos marejados, deu a comunhão, fez a sua prece e se retirou".

Existem muitas questões ocultas na religião para serem esclarecidas. Depois de quinze dias meu pai faleceu. Eu costumava ir na missa todos os domingos e comungar (Sou um religioso nato). Escapei de ser padre por pouco, porque se tivesse enveredado pelo sacerdócio, com certeza teria provocado muita confusão, criado muitos problemas para bispos e cardeais, só por conta da anematização dos ensinamentos de Orígenes.

Fui criado dentro da religião Católica Apostólica Romana. Sou devoto de São Judas Tadeu e frequento sua igreja no Jabaquara, em São Paulo, há trinta e cinco anos. Foi na igreja de São Judas, que cumpri todas as minhas obrigações com a Ordem de Melquesedeque, a quem sirvo há quatro décadas, como médium, sem interrupção.

Quando estou assistindo a missa, costumo sonhar como seria, se ao invés deles orarem pela ressurreição da carne, orassem ressurreição do CORPO ESPIRITUAL, e deixassem a carne quieta no túmulo em estado de putrefação. Que bom se estas pessoas que manifestam uma fé maravilhosa, acreditassem na transmigração da alma e na comunicação dos espíritos.

É uma pena que o V Concilio de Constantinopla II, anematizou o ensinamento de Orígenes, expurgando da doutrina cristã, os ensinamentos dos padres neoplatonistas como Plotino, Orígenes e Clementes de Alexandria. Na época, em 553 d.C., o imperador Romano Justiniano I, convocou o concílio irregularmente, com o apoio de um sínodo de bispos manobrados politicamente e sem o consentimento do Papa Virgílio que foi injustamente encarcerado.

Não seria possível nos tempos de hoje, a Congregação para Doutrina da Fé desconsiderar essa decisão, para que o cristianismo pudesse desenvolver um projeto futuro em direção a vontade de Jesus, a fim de que houvesse um só rebanho e um só pastor?

A igreja com sua força e quantidade de adeptos, poderia convocar um concilio ou um sínodo com os representantes de todas as religiões cristãs protestantes e ortodoxos e debaterem este assunto até chegarem a um consenso.

Com certeza esta decisão traria para a igreja uma corrente Holística de pensamento e resolveria inúmeras questões filosóficas. Esvaziaria o materialismo e daria um sentido mais lógico para justiça divina, integrando a reencarnação do espírito como um processo salvacionista e integracionista, colocando os seres vivos como parte energética do processo evolutivo dentro da sociedade, do planeta e do universo, que conforme já foi provado cientificamente, vive em constante expansão.

Com o propósito de colaborar, transcrevo abaixo, o texto da anematização em Latim, já que estamos revendo as tradições antigas. O Papa Francisco bem que poderia entrar para a história como “o Papa Reformador”.

Queremos colaborar.
 
  "SI QUIS DICIT, AUT SENTIT PROEXISTERE HOMINUM ANIMAS, UTPOTE QUAE ANTEA MENTESFUERINT ET SANCTAE, SATIETATEMQUE CEPISSE DIVINAE CONTEMPLATIONIS, E IN DETERIUS CONVERSAS ESSES; ATQUE IDEIRCO APOFIXESTAI ID EST REFRIGISSE A DEI CHARITATE, ET IND FIXAS GRAECE, ID EST, ANIMAS ESSE NUNCUPATAS, DEMISSAQUE ESSE IN CORPORA SUPLICII CAUSA: ANATHEMA"

  TRADUÇÃO:

  "SE ALGUEM DIZ OU SUSTENTA QUE AS ALMAS HUMANAS PREEXISTIRAM NA CONDIÇÃO DE INTELIGÊNCIAS E DE SANTOS PODERES; QUE, TENDO SE ENOJADO DA CONTEMPLAÇÃO DIVINA, TENDO SE CORROMPIDO E, ATRAVES DISSO, TENDO SE ARREFECIDO NO AMOR A DEUS, ELAS FORAM, POR ESTA RAZÃO CHAMADAS DE ALMAS E, PARA SEU CASTIGO, MERGULHADAS EM CORPOS, QUE ELE SEJA ANATEMATIZADO"


  Anexos estamos passando uma bibliografia que pode ser consultada sobre transmigração da alma para quem quiser se aprofundar.

  REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS.

  ANDRADE, H.G. Você e a reencarnação. Bauru-SP: CEAC, 2002

  ANDRADE, J. O espiritismo e as igrejas reformadas, Salvador: SEDA, 1997.

  BOEHNER, P. E GILSON, E. História da filosofia Cristã. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

  CAJAZEIRAS, F. Elementos de teologia espirita, Capivari SP: EME, 2002.

  CHAVES, J. R. A reencarnação na biblia e na ciência, SP: EBM, 2006.

  DENIS, L. Cristianismo e Espiritismo, RJ: FEB,1987

 O problema do Ser, do destino e da dor, RJ: FEB, 1989.

  KERSTEN, H. Jesus viveu na Índia, SP: Bester Seller, 1988.

  MELLO, F. G. Reencontro Cristão: reflexões para o cristianismo do terceiro milênio, RJ: DP&A, 1997.

  PROPHET, E. C. Reencarnação - o elo perdido do cristianismo, RJ: NOVA ERA, 1999.

  REALE, G E ANTISERI, D. História da filosofia, vol I, SP: PAULUS, 1990.
 

  RUSSEL, E. W, Reencarnação - O mistério do Homem, RJ: ARTENOVA, 1972.