segunda-feira, 4 de maio de 2020

O MOMENTO ATUAL E O CONVÍVIO FAMILIAR



Por: Adilson T. de Godoy

Conviver às vezes é algo difícil. O convívio requer entendimento entre os seres e isso não é fácil, porque necessita de “sintonização de fluidos de correspondência”. 

Buscar uma sintonia que seja comum num ambiente de ideias diversificadas, pode ocasionar desentendimento, podendo provocar até desunião, colaborando para um desequilíbrio que praticamente pode inviabilizar uma relação, se a situação não ficar muito clara entre as partes. 

No momento em que estamos em quarentena, a maioria das pessoas estão presas em casa, algumas com um acompanhante e outros com famílias inteiras, sendo que nem todos poderão estar bem acomodados. 

Estamos passando por um grande teste de convivência, independente de quem possa estar conosco ocupando o mesmo espaço. 

Com o objetivo de ajudar quem está acompanhado, seguem algumas sugestões: 


a) Organizar as coisas como se fosse um hábito; 

b) Dividir as funções domésticas; 

c) Evitar discussões na frente de crianças; 

d) Procurar fazer as refeições sempre no mesmo horário (se possível); 

e) Alternar a responsabilidade de compras de produtos essenciais para não sobrecarregar uma só pessoa; 

f) Estar sempre prontos a colaborarem entre si, demonstrando boa vontade; 

g) Guardar seus pertences com cuidado, colocando os objetos no lugar correto; 

h) Programar em comum acordo, na medida do possível, a utilização de ambientes em comum e uso de aparelhos eletrônicos como TV, aparelhos de som, computadores etc.; 

i) Distribuir as obrigações e tarefas domésticas cotidianas de uma maneira que todos possam colaborar em dias ou horários alternativos; 

j) Utilizar fones de ouvidos individuais o máximo possível para garantir a tranquilidade sonora do ambiente, pois o alto volume de aparelhos obriga as pessoas a falarem cada vez mais alto; 

k) Caso a família seja religiosa, promover cultos no mesmo horário para que todos possam participar em união; 

l) Se possível evitar discussões de ordem política quando as ideologias forem divergentes; 

m) Programar horários para momentos de leitura e descanso, quando crianças, jovens, adultos e idosos, poderão usufruir de tranquilidade para algum tipo de passatempo; 

n) Atividades físicas como alongamento, ginástica e até uma boa meditação, ajudam a relaxar o corpo e manter a saúde em dia; 

o) Atividades e aprendizados artísticos também são muito bons e propiciam a participação dos grupos de várias idades; 

p) Ambientes com crianças costumam ficar bem agitados e que tal sugerir aos pequenos uma brincadeira de fazer teatro, se apresentar para a própria família cantando, dançando ou jogando jogos de mesa? 

q) Produzir sessões de cinema em família vários dias da semana, com filmes para várias idades, fará com que tanto os adultos, como as crianças se sintam em companhia em momentos de diversão e com certeza, no caso dos adultos, esses nem imaginam o quanto poderá ser divertido reaprender como pensam as crianças de hoje em dia; 

r) Dormir um pouco mais cedo para não desacostumar da rotina normal de trabalho e estudo também é bom para manter a mente alerta. 

Isso não é tudo, mas se por acaso você estiver tendo problemas durante a quarentena em sua casa, talvez algumas dessas sugestões possam ajudar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário.