quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

A ESCOLHA DA LINGUAGEM CRISTICIÍSTA



Toda manifestação do pensamento, através da escrita segue uma linha de raciocínio com objetivo de fazer com que o que se queira comunicar seja entendido pelas pessoas, sem que seja preciso andar com um dicionário embaixo do braço para assimilar cada sentença pelo uso exclusivo de palavras de difícil compreensão pelo leitor, que a cada momento, precise interromper a leitura para conseguir penetrar e entender o que é de interesse do autor do texto.

O nosso interesse é que os textos sejam percebidos de uma maneira clara e com um pensamento expresso de uma forma objetiva, para que a pessoa possa penetrar no espírito e na razão do texto.

O sentido oculto das entrelinhas, foi deixado de lado propositalmente para que a matéria passada seja assimilada sem rodeios.

O discurso empregado não se preocupou em manter um estilo literário, muito embora reconhecemos que o nosso ensino tem uma exposição de certa forma padronizada, dentro das necessidades de comunicação, da mensagem, que tem uma linguagem claramente identificável, porque nasce de uma mesma fonte de exposição, com poucas variações de estilo, tanto no conteúdo e na forma de expressão.

As palavras: energia, expansão, cósmica, campo, vibrações, força e outras, são características da proposta filosófica e espiritualista que a ordem se propõe a repassar.

Nossas mensagens têm a finalidade de passar o conteúdo básico do pensamento espiritualista de uma nova doutrina religiosa, com suas características próprias de comunicação, não só na forma gramatical, como também na finalidade a que se destina. As pessoas necessitam tomar contato com um pensamento espiritual, que possa lhes comunicar alguma coisa que venha demonstrar que a verdade espiritual é abrangente.

A informação que a ordem possibilita com a leitura e meditação dos seus textos, aumenta consideravelmente a visão espiritual.

A comunicação é abrangente no domínio de outras ciências como a biologia, a física, a química, até porque a espiritualidade está ligada ao conhecimento como um todo e não somente com o campo da fé cega e contemplativa.

O espírito humano é por natureza questionador, e a medida que vai assimilando um conhecimento, vai percebendo que sua visão interior vai clareando. Quando isto acontece, a criatura começa a compreender melhor as pessoas, o mundo que os cerca, os interesses envolvidos. Isto possibilita uma maior reflexão, permitindo aos seres se posicionarem melhor durante os fatos da vida, seja este fato material ou espiritual, abrindo perspectivas interiores de avanços intelectuais e psicológicos.

A filosofia cósmica do poder divino integralizado traz na sua base de ensino, correntes cósmicas de profundidade que vão capacitar a criatura humana a se posicionar na vida sem medo de lutar pelos seus ideais, com confiança, e tendo como aliado uma forte corrente energética que o manterá integrado e sintonizado com sua força de origem, porque os fundamentos repassados pela doutrina estão escritos no livro da sabedoria divina.

Todo ensinamento procura ser didático, direcionado e profundamente espiritual.

O desejo é que as pessoas aprendam a pensar de uma forma energética, criando campos magnéticos de sintonia, facilitando a sua penetração nos campos divinos de vibração superior.

A linguagem disponibilizada foi concebida para ser reconhecida pelos canais espirituais específicos destinados aos interlocutores. Qualquer uma das meditações propostas encontrará respostas espirituais dentro dessa faixa meditativa, porque o fluxo de correspondência é ativado pelo som da palavra captada, com todo seu potencial energético, agindo de uma forma cinética dentro da corrente cósmica pré-estabelecida e apta a reconhecer e atuar nos centros energéticos de ação integrada.

Estes textos já estão sintonizados na frequência de campo dentro do sistema integrado, porque o modelo energético da linguagem, começa a fluir instantaneamente sobre a aura espiritual, pelo simples fato de estar lendo os textos.
Isto chama-se fluxo energético de ação conjunta.

A própria linguagem é a chave de comunicação instantânea com o campo cósmico estabelecido pela identidade do campo energético. A freqüência vibratória, capacita o espírito para penetrar na corrente cósmica de integração.

O texto já é energético por natureza. No momento da leitura, o seu fluxo energético estará sendo absorvido pelo sistema crístico de campo integrado. O que você necessita, também estará sendo registrado no campo cósmico de vibração superior, desde que sua reflexão seja compatível com o grau energético do texto que compõem estes pensamentos.
“Na realidade somos o que pensamos”.

A Ordem Cristiciísta está em constante intercâmbio energético, pela sua própria natureza de comunicação e comunhão com o sistema angélico. O pensamento energético ensinado pela ordem provoca espontaneamente e integração, assim como os textos bíblicos ou o evangelho de Jesus lidos com fé. É o que chamamos de conhecimentos homologados.

Psicografado por Adilson T. de Godoy
Mentor: D.Adyan
Ordem Espiritual Crística
Filosofia Cósmica do Poder Divino Integralizado
www.cristiciismo.com.br
www.filosofiacristiciista.com.br

ÁUDIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar seu comentário.